United teve 35% de posse mas Mourinho diz que é problema do Liverpool

Técnico português sublinha que os 'reds' não são "a última maravilha do mundo".

© Reuters
Desporto Premier League

José Mourinho e Jurgen Klopp trocaram algumas palavras menos simpáticas após o clássico entre Liverpool e Manchester United, que terminou empatado a ‘zeros’.

PUB

O alemão acusou os ‘red devils’ de falta de “coragem”, numa partida em que a sua equipa ‘goleou’ na posse de bola – 65% contra 35% – e o português não o deixou sem resposta.

“Quantos remates à baliza fez o Liverpool? Dois. Dois remates à baliza com 65% de posse de bola, têm de criticar o Liverpool. É problema deles, não nosso”, atirou, mas não se ficou por aqui.

“Gostam de dizer que eles são a última maravilha do mundo no futebol atacante, mas mas também defendem e pensam defensivamente”, acrescentou.

Para Mourinho, o Manchester United assinou “uma exibição positiva”, num “jogo difícil” em que a sua equipa controlou o jogo “não só taticamente, como emocionalmente”.

“A equipa esteve sempre confortável. Faltou-nos um pouco de acutilância nas posições mais atacantes. Houve um momento em que pensei em colocar o Rashford na posição do Pogba, atrás do Zlatan, mas o miúdo teve cãibras”, lamentou.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS