Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Ganha medalha e diz: "Talvez seja morto quando chegar ao meu país"

O atleta etíope conquistou a medalha de prata na maratona masculina dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Notícias ao Minuto

20:29 - 21/08/16 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Feyisa Lilesa

Feyisa Lilesa, vencedor da medalha de prata nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, fez este domingo uma declaração impressionante depois desta conquista.

O atleta da Etiópia, que atravessou a linha de meta com os braços cruzados, em sinal de apoio ao movimento de oposição aos governantes do país, explicou que este gesto lhe poderá valer a vida.

“É um sinal de apoio aos manifestantes do meu país que foram mortos pelo governo. Eles faziam o mesmo sinal. Queria mostrar que não estou de acordo com o que está a acontecer. Tenho amigos e familiares presos. O governo está a matar o meu povo, os Oromos, que não tem recursos”, começou por explicar.

“Talvez seja morto quando chegar, ou então preso. Também posso ser detido no aeroporto ou forçado a mudar de país”, termina.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório