Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 18º MÁX 26º

[1-0] Quaresma acaba 'marasmo' dos empates e deixa Portugal nos quartos

Num jogo muito equilibrado, com poucas oportunidades claras de golo, foram os lusos que tiveram a sorte de jogo. A equipa orientada por Fernando Santos segue agora para os quartos onde vai encontrar a Polónia de Lewandowski.

Notícias ao Minuto

21:56 - 25/06/16 por Notícias Ao Minuto

Desporto Oitavos-de-final

Análise: Duas candidatas ao título. Um vencedor possível. Foi com estes ingredientes, lançados pelos dois treinadores, que Portugal e Croácia entraram esta noite em campo, em Lens. Num jogo de muito equilíbrio, a sorte final sorriu a Portugal, que com um golo de Quaresma evitou as grandes penalidades. Mas vamos ao filme do jogo.

Num primeiro tempo disputado a ritmo lento, com pouca iniciativa atacante de parte a parte e muito jogo a meio campo, começou melhor a Croácia, mas foi Portugal que foi causando mais perigo.

Com várias alterações produzidas por Fernando Santos – regresso de Guerreiro, estreia de Adrien a titular, com Fonte e Cédric também no onze – Portugal pareceu uma equipa diferente da primeira fase da competição.

Mais esclarecida, ainda que com alguma dificuldade para penetrar na defesa croata, a seleção portuguesa chegou ao intervalo empatada. O resultado justificava-se e empurrou a decisão da passagem aos quartos para o segundo tempo.

Os croatas tiveram mais bola, mas não souberam, também eles, encontrar o caminho, na primeira parte, para a baliza de Patrício. Pressionantes e muito equilibrados, os pupilos de Cacic estiveram bem, mostrando que os primeiros 45 minutos decidiam pouco.

No segundo tempo, de novo bom início de jogo dos croatas. Fernando Santos, percebendo a intenção do adversário, esperou apenas alguns minutos e ainda antes do minuto 50 fez entrar Renato Sanches.

Alteração no desenho tático, que demorou alguns instantes a ser ‘instalada’, mas o meio-campo português tornou-se mais pressionante, mais populado e com mais recursos.

Se o primeiro sinal de perigo foi dado pelos croatas, por Mandzukic, mas foram os lusos, nos primeiros 15-20 minutos da segunda parte, a mostrar mais vontade. Ora por Nani, que apareceu mais em jogo com Renato Sanches em campo, ora por Ronaldo, que tardou, novamente, em dar sinais de vida, Portugal ia causando perigo relativo.

A partir daí, a formação dos ‘quadradinhos’ voltou a gizar o seu jogo. Com muita posse de bola, lançamentos longos e cruzamentos, também a formação de Cacic não conseguiu evitar que o jogo fosse para prolongamento.

Melhores nos últimos momentos antes do apito ao minuto noventa, faltaram argumentos também aos croatas para resolver a partida, pelo que o prolongamento foi, igualmente por isso, justo. Nota para Quaresma, que entrado já perto dos 90, por gestão de Fernando Santos, teve dificuldade em fazer a sua ‘magia’ até ao final do tempo regulamentar.

No início de mais 30 minutos, foram novamente os croatas a entrar melhor. Porém, a toada foi exatamente a mesma. Muita posse de bola, alguma vontade, mas pouco risco e pouco atrevimento. O primeiro tempo do prolongamento terminou empatado, tal como os 15 minutos seguintes pareciam teimar em querer ficar.

Porém, um lance fortuito de contra-ataque, numa altura em que o jogo estava em paragem e resposta, terminou com a sina dos empates.

Nani recebeu na esquerda, tentou rematar, mas as forças já faltavam, a bola percorreu a área toda, foi parar à direita, nos pés de Ronaldo. O craque português rematou para defesa apertada de Subasic e Quaresma, providencial, disparou para o fundo da baliza.

Com poucos minutos para terminar o encontro, um de tempo regulamentar e dois de tempo extra, Portugal resistiu às últimas investidas e carimbou, com sorte e alguma falta de ousadia o passaporte para os quartos.

Homem do jogo: Ricardo Quaresma. Apesar de Pepe, durante todo o jogo, ter dado nas vistas pela forma como secou os caminhos para a baliza, o nosso Harry Porter, com um golo nos derradeiros instantes antes das grandes penalidades, atirou para o fundo da baliza e terminou com o marasmo dos empates para Portugal. Sem mais nada para o merecer, o golo é trunfo que baste para ser considerado o homem do jogo, pois nunca se sabe o que pode acontecer na lotaria da marca de 11 metros.

Acompanhamento da partida:

120' - Termina o encontro!!! Portugal está nos quartos de final do Euro.

120' - Vão jogar-se mais dois minutos. Vamos Portugal!!

119' - Falta um minuto para os quartos!

116' - GOLOOOOO!!!! Quaresma marca para Portugal. Depois de vários lances na baliza de Patrício, contra-ataque luso, Nani remata na esquerda, a bola sobra para Ronaldo e Quaresma, depois de defesa de Subasic, empurra para o fundo da baliza. GOLO!!! Faltam quatro minutos para os 'quartos'.

115' - Croatas estão a sufocar a seleção lusa. Sucessão de lances com a bola a bater no poste.

112' - QUE PERIGO. Vida falha o golo após má saída de Patrício. O guardião luso escorrega antes de chegar à bola. 

110' - Que fase do jogo. Parada resposta, com Portugal mais próximo da baliza adversária. Pepe, diga-se, tem estado intransponível durante todo o jogo. Que belo jogo do português. 

108' - Fernando Santos surpreende e tira Adrien para dar lugar a Danilo. Selecionador português quererá tapar os caminhos para a baliza e levar o jogo para as grandes penalidades.

107' - William Carvalho está em dificuldades físicas. Vai entrar Danilo, que já aquece.

106' - Recomeça o encontro.

105+1' - Intervalo no primeiro tempo do prolongamento.

105' - Perigo para a baliza de Patrício. Na direita, Modric centra para a área, com Perisic, ao segundo poste, a atirar para fora. Bom lance do ataque croata. Vai jogar-se mais um minuto.

100' - Jogo muito equilibrado, com muitos jogadores já a mostrarem menos capacidade física. As duas seleções parecem pouco empenhadas em resolver.

96' - Parada e resposta agora. Portugal no ataque, sem criar perigo, e a equipa adversária a responder em contra-ataque. Boa resposta dos croatas. Sempre que os lusos tentam pegar no jogo, os croatas parecem ficar mais perigosos.

94' - Lançamento longo, com desvio de cabeça, longe da baliza, de Perisic. Os croatas voltam a entrar melhor.

92' - Após falta de Renato Sanches, a seleção croata tem livre em zona frontal. Porém, a bola fica na barreira. Sem perigo para Patrício.

91'- Recomeça a partida no estádio Bollaert-Delelis. Caso a partida não se decida nos próximos 30 minutos, será na lotaria das grandes penalidades que será apurado o adversário da Polónia nos 'quartos'.

90+3' - Termina o tempo regulamentar. Em quatro jogos no Euro, Portugal soma o quarto empate e leva decisão da passagem aos quartos para prolongamento.

90+3' - Canto sem perigo para os croatas.

Após novo empate, lusos empurram decisão para prolongamento

90+1' - Pepe afasta um cruzamento complicado. Perigo para a baliza de Patrício.

90'- Árbitro dá três minutos de compensação.

86' - Santos lança Quaresma. Vamos ver o que pode fazer o 'mago' português. Saiu João Mário. 

85' - Com equilibrio em campo, jogo entra em fase decisiva. Um lance de inspiração pode definir o desfecho do encontro. Croatas parecem agora menos bem, Portugal continua sem encontrar caminho da baliza. 

80' - A 10 minutos do 90, balizas continuam invioladas e jogo caminha para o prolongamento.

75' - Os últimos minutos têm sido de alguma aflição para a defensiva portuguesa, mas sem grandes ameaças à baliza de Rui Patrício.

71' - Jogo mais mexido nesta fase. Porém, os guarda-redes ainda não fizeram defesas dignas de registo no segundo tempo.

66' - Que perigo. William lança Ronaldo na área, mas o avançado luso não consegue dominar. Está mais atrevida a equipa de Fernando Santos.

63' - Grande penalidade por assinalar. Quando Nani se preparava, dentro da área, para rematar, é pontapeado na anca, o que o impossibilita de rematar enquadrado. Parece ficar por marcar penálti.

61' - Que perigo!! Cruzamento, de livre, da direita, com vida, ao primeiro poste, no meio dos centrais lusos, a não conseguir encontrar o caminho da baliza. 

60' - Jogo novamente muito disputado no meio-campo e com poucos sinais de perigo para qualquer uma das balizas. Está a pedir um lance brilhantismo, o jogo. Os croatas parecem, ainda assim, melhor do que a formação das quinas.

56' - Jogo novamente muito equilibrado. Renato Sanches, com um remate muito torto, deu primeiro sinal de perigo luso. 

51' - Que perigo para a baliza portuguesa. Centro na esquerda com Mandzukic a chegar atrasado. Muito perigo o lance produzido pela seleção croata.

49' - Fernando Santos não espera e faz entrar Renato Sanches para o lugar de André Gomes. O médio do Valência esteve uns furos abaixo do que é capaz.

47' - A Croácia volta ao seu estilo de jogo de maior posse de bola. Portugal tenta agora respostas rápidas sempre que recupera o esférico.

46' - Recomeça o encontro. Saiu a jogar a seleção portuguesa.

45+1' - Intervalo. As duas equipas têm estado a bom nível, numa partida pautada pelo equilibrio. No segundo tempo, prevê-se maior atitude ofensiva de parte a parte. Fique connosco.

45' - Croatas, de livre, criam perigo, mas Pepe corta na hora certa.

41' - Nos últimos minutos, duas jogadas de ataque deixaram bons apontamentos para as duas seleções. O intervalo está próximo e se alguma das equipas marcar terá uma boa vantagem para o segundo tempo.

38' - André Gomes tem falhado alguns passes e parece estar algo fora da partida. Portugal, no seu conjunto, melhorou bastante a sua performance.

34' - Perigo para a baliza de Patrício. Mandzukic, após cobrança de canto na direita, cabeceia, sem saltar, para fora.

30' - A seleção orientada por Fernando Santos parece estar agora com algum ascendente no jogo, apesar da maior posse de bola croata. A equipa formada por Ante Cacic, por Perisic, fez há momentos o primeiro remate à baliza de Patrício, mas a bola vai para fora.

25' - Portugal com primeira grande oportunidade do jogo. Pede, após centro na esquerda de Raphael Guerreiro, de libre, cabeceia por cima. Periogo para a baliza de Subasic.

23' - André Gomes cai na área e protestam os adeptos nas bancadas. Na sequência do lance, contra-ataque croata bem anulado por Adrien, que deixa para João Mário. O médio passa para Ronaldo que cai e sofre falta.

22' - Os croatas vão tendo algum domínio do jogo nos últimos minutos. Modric e companhia pressionam alto e têm dificultado a saída da seleção portuguesa para o ataque.

17' - Jogo muito lento nesta fase. As duas equipas têm um estilo de jogo semelhante que dificulta grandes arrancadas ou lances pouco ponderados. Nani tem estado a tentar pegar no jogo. Ronaldo vai mostrando vontade.

15' - Portugal está agora melhor no encontro. As duas equipas jogam a ritmo lento, arriscando pouco, mas os lusos parecem melhor, mais serenos.

10' - As equipas parecem estar a tentar perceber o adversários e comandar as incidências do jogo. Os croatas começaram bem, Portugal pegou depois no jogo, mas ainda não houve qualquer perigo para as duas balizas.

5' - Os croatas entraram bem no jogo com Portugal a ver jogar. Porém, a seleção croata está ainda distante da baliza de Rui Patrício.

3' - Ao contrário dos três últimos encontros da formação lusa, a seleção croata dá prioridade a posse de bola, o que poderá obrigar os jogadores portugueses a correr mais alguns metros atrás da bola.

1' - Minuto inicial com a seleção croata a guardar a posse de bola. 

1' - Já se joga em Lens. Carballo Velasco apitou e saiu a jogar a seleção croata.

0' - Ouvidos os hinos português e croata, os capitães de equipa discutem quem sai a jogar. 

0' - As equipas já estão no relvado. Está prestes a começar o Portugal - Croácia. Vão agora ouvir-se os hinos das duas seleções.

0' - Os jogadores portugueses e croatas fazem alguns exercícios de aquecimento antes da partida. Daqui a instantes regressarão aos balneários para ouvirem as últimas indicações dos seus técnicos.

0' - Também já é conhecido o 'onze' croata: Subasic; Srna, Corluka, Vida, Strinic; Modric; Badelj, Brozovic, Rakitic, Perisic; Mandzukic.

0' - Fernando Santos optou por fazer diversas alterações. Cédric rende Vieirinha na direita. José Fonte entra para o lugar de Ricardo Carvalho. Raphael Guerreiro, recuperado de lesão, volta à lateral-esquerda. Adrien Silva entra para o 'onze' para o lugar de João Moutinho. Na frente de ataque, tudo igual com Cristiano Ronaldo, Nani e André Gomes, acompanhados de perto por João Mário, que deverá fazer o corredor direito.

0' -  Já é conhecido o 'onze' luso: Rui Patrício; Cédric Soares, Pepe, José Fonte e Raphael Guerreiro; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; André Gomes; Nani e Cristiano Ronaldo.

0' - Os jogadores e equipa técnica já estão no estádio onde daqui a cerca de duas horas vão enfrentar a Croácia.

0' - Seleção portuguesa já deixou o hotel e viaja agora de autocarro para o estádio. 

Antevisão: Depois de três (desapontantes) empates na fase de grupos, frente a Islândia, Áustria e Hungria, Portugal irá esta noite, frente à Croácia, testar o rótulo com que fez questão de chegar a França: Candidato, ainda que não favorito à vitória final. Por isso, antes do apito inicial, interessa recuperar alguns factos sobre a formação orientada pelo ‘Engenheiro’ Fernando Santos.

Na precisão matemática dos números, há que referir  que há motivos, ainda que ligeiros, para sonhar com os oitavos. Evitados os colossos do Velho Continente, com um pouco elogioso terceiro lugar no Grupo F, o sonho da final é o norte luso, mas antes há que vencer um seleção que das três vezes que se cruzou no caminho luso averbou sempre derrotas.

A primeira vez aconteceu, precisamente, há 20 anos, no Euro96. Os ‘lusos’, então com Figo a dar cartas, venceram por 3-0. Seguiu-se novo encontro em 2005. Neste jogo, aqui de carácter particular, os rapazes da formação das quinas venceram de forma relativamente confortável (2-0). Em 2013, nova partida amigável, verificando-se aqui a margem mínima no marcador.

Mas há talvez um número mais importante. Fernando Santos, desde que chegou ao comando técnico da seleção, herdando a cadeira deixada vaga pela demissão de Paulo Bento, ainda não perdeu em jogos a contar.

Os empates averbados nos três últimos jogos podem diminuir a ‘ilusão’ portuguesa, mas também podem ser fator de surpresa. A máquina, desenhada pelo engenheiro, começou a carburar tarde, sendo penalizada pela falta (talvez) de um ponta-de-lança. Porém, no último encontro, foram já três os golos apontados.

Ronaldo, depois de dizer adeus aos microfones – talvez tenha percebido que a relação mediática não deve ser o seu primeiro foco – parece ter encarrilhado para melhores exibições. O português marcou, assistiu e deixou boas sensações.

Mas Ronaldo, como referiram ambos os técnicos, pode ajudar, mas não ganhará nada sozinho. Esse facto é sobejamente conhecido pelo técnico adversário. Se Portugal entra com o canhão Ronaldo, os Croatas têm o mágico Modric e outros argumentos como Rakitic.

Durante a temporada 2015/16, Ante Cacic não tem registo, em sete jogos, de qualquer derrota. Cinco vitórias e dois empates, mas também 19 golos marcados e apenas quatro sofridos, são nota suficiente para alertar os ‘nossos meninos’.

No mesmo período, diga-se, em oito jogos, Portugal somou duas derrotas (em amigáveis Rússia e Inglaterra), três vitórias e três empates. O pecúlio é também menos otimista do que o do adversário de hoje: 16 golos marcados contra sete sofridos.

Por último, há que referir que a seleção das quinas é a mais rematadora em prova. Cerca de 70 remates, 21 enquadrados, são promessa suficiente para esperar golos do jogo desta noite e talvez sorrisos nas bancadas e do outro lado do ecrã.

Porém, é em campo que os números se inscrevem na história e, por isso, talvez Santos se prepare para jogar hoje um jogo diferente, com peças diferentes, como, por exemplo, a inclusão no meio-campo de Adrien e Renato Sanches, dois pequenos motores que podem servir de embraiagem para a aceleração necessária na frente de ataque. Raphael Guerreiro também deve regressar ao 'onze', até porque tem argumentos diferentes de Eliseu.

Em termos de resultado e exigência, o pedido é o mesmo de sempre, a vitória. Porém, para o conseguir, Santos terá de ser audaz e ouvir o que, aos olhos de comentadores, adeptos e analistas, parece ser aviso para beneficio luso, e mexer na equipa, até porque, como reza o ditado, quem continua a tentar da mesma forma resolver um problema, esperando resultados diferentes é...

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório