Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

"Fui eu que encomendei a vigilância aos jogadores"

Ex-presidente faz declaração surpreendente em tribunal e confirma ter sido ele a contratar a vigilância aos jogadores do Sporting, no que ficou conhecido como 'caso Cardinal'.

"Fui eu que encomendei a vigilância aos jogadores"

Godinho Lopes, antigo presidente do Sporting, confirmou esta quarta-feira em tribunal ter sido o responsável por encomendar a vigilância a diversos jogadores do clube ‘leonino’.

Durante o julgamento do ‘caso Cardinal’, o antigo responsável ‘verde-e-branco’ alegou que a ideia da vigilância não era devassar a vida privada dos atletas, mas sim acompanhar os jogadores.

"Fui eu que encomendei a vigilância aos jogadores, mas agora não recordo de quem partiu a ideia, que tanto pode ter sido minha, do Luís Duque ou do Paulo Pereira Cristóvão. Em vários aspetos fui ingénuo e não terei tratado do assunto com tranquilidade", disse o antigo presidente do clube de Alvalade, na tarde desta quarta-feira, no Campus da Justiça, escreve O Jogo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório