Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 33º

Copa América: Mexico sofre para bater Jamaica

O México teve no sábado grandes dificuldades para se impor à Jamaica, por 1-0, na estreia das duas equipas na edição 2024 da Copa América em futebol, no NRG Stadium, em Houston, no Texas.

Copa América: Mexico sofre para bater Jamaica
Notícias ao Minuto

07:11 - 23/06/24 por Lusa

Desporto Copa América

Um golo de Gerardo Arteaga, aos 69 minutos, selou o triunfo dos mexicanos, a única equipa fora da América do Sul que já conseguiu chegar à final da prova, em 1993 e 2001, edições em que perdeu face a Argentina e Colômbia, respetivamente.

Com o portista Jorge Sánchez no 'onze', a formação comandada por Jaime Lozano teve mais oportunidades de golo, mas os 'Reaggae Boys' deram grande réplica e estiveram muito perto de se adiantar no marcador, já em plena segunda parte.

Os mexicanos até começaram melhor, com Luis Chávez a obrigar o guarda-redes Jahmali Waite a defesa difícil, logo aos quatro minutos, seguindo-se, aos 15, um perigoso cabeceamento de Santiago Giménez, que saiu pouco ao lado.

Os jamaicanos responderam por Shamar Nicholson, aos 21 minutos, e Dexter Lembikisa, aos 26, sendo que, aos 30, os mexicanos tiveram muito más notícias, com a lesão do 'capitão' Edson Álvarez, que poderá ter terminado a prova.

A formação 'azteca' acusou a situação e só reapareceu ofensivamente nos descontos, com remates de Luis Romo, o substituto de Álvarez, e César Montes.

O segundo tempo começou com a Jamaica por cima, a ameaçar por Kasey Palmer, logo aos 46 minutos, e a marcar aos 50, por Michail Antonio, mas num lance que viria a ser anulado por fora de jogo.

Os mexicanos sentiram o perigo, respiraram de alívio, e atiraram-se para a frente, com Julián Quiñonez a ameaçar o golo, aos 60 e 66 minutos, tal como Santiago Giménez, aos 64, no que foi a sua última ação no jogo.

A insistência foi recompensada aos 69 minutos, quando, após um centro da direita e um ressalto, a bola foi parar à entrada da área a Romo, que deu um pequeno toque para o potente remate de Gerardo Arteaga, indefensável para Waite.

Na parte final, a Jamaica ainda tentou chegar ao empate, mas o México defendeu-se bem e nunca deixou também de atacar, sendo que o momento de maior perigo aconteceu já nos descontos, aos 90+1 minutos, com Julio González a parar o remate de Lembikisa.

Após a primeira jornada do Grupo B, o México igualou no primeiro lugar a Venezuela, que venceu surpreendentemente o Equador, cedo reduzido a 10, por 2-1, num jogo em que o primeiro tento da formação 'vinotinto' foi de Jhonder Cádiz, do Famalicão.

Na segunda jornada do agrupamento, marcada para quarta-feira, a Jamaica defronta o Equador, enquanto o México mede forças com a Venezuela.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório