Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
28º
MIN 17º MÁX 30º

Claque do Sporting denuncia "tentativa de privatizar a festa do futebol"

Torcida Verde não marcou presença nas bancadas do Estádio Nacional, no Jamor, para assistir à final da Taça de Portugal.

Claque do Sporting denuncia "tentativa de privatizar a festa do futebol"
Notícias ao Minuto

16:24 - 27/05/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Taça de Portugal

A Torcida Verde, claque afeta ao Sporting, não marcou presença nas bancadas do Estádio Nacional, no Jamor, para a assistir à final da Taça de Portugal, frente ao FC Porto, por falta de bilhetes. Em nota deixada esta segunda-feira nas redes sociais, a claque denunciou uma "inqualificável tentativa" de "privatizar a festa do futebol".

"Derrota no relvado, Grande vitória dos Adeptos do futebol popular! Após a retumbante conquista do 24° titulo, o futebol leonino não conseguiu conquistar a Taça de Portugal na final com o FC Porto (1-2). Para a Torcida Verde, ausente das bancadas do Jamor, pelo inacesso a ingressos, a final da Taça de Portugal 2024, ficará assinalada pela inqualificável tentativa para privatizar a festa do futebol, que desde há décadas tem lugar no Estádio do Jamor. Cada final de Taça de Portugal, foi transformada na festa do futebol português, num legado de gerações de adeptos de todas os clubes, de todas as classes sociais, de diferentes credos, etnia", pode ler-se na nota deixada na rede social Facebook.

"Na edição de 2024, os donos da bola mostraram a sua verdadeira natureza, com a infame tentativa de impedirem os adeptos de fazerem da final da Taça de Portugal, a verdadeira festa do futebol. Como qualificar a peregrina ideia de vedar a entrada, em todo o espaço contíguo ao estádio do Jamor, aos adeptos sem ingresso? Os arautos dessa ideia peregrina, por certo desconhecem que dezenas de milhares de adeptos, na impossibilidade de comprarem bilhete para entrarem no estádio, fizeram a festa nas imediações do Jamor. É esse o fascínio da final da Taça de Portugal", prossegue a nota da referida claque leonina.

"A infame tentativa de tentarem transformar a Festa do Povo num festival privado, com acesso exclusivo aos portadores de bilhetes, terá sido travada pelas autoridades da República Portuguesa, impedindo a ganância dos interesses predatórios que capturaram os clubes/SADs, certamente insensíveis com os inimagináveis transtornos que essa ideia peregrina ideia poderia causar...para além do profundo desprezo pelos adeptos! As dezenas de milhares de adeptos que permaneceram na mítica Mata do Jamor, espaço público, nos 120 minutos da final da Taça de Portugal 2024, deram a melhor resposta: O futebol é uma manifestação popular! A Taça de Portugal é a festa do povo! Os adeptos não querem a privatização da final da Taça de Portugal!", termina o comunicado.

Leia Também: 'Penálti de cervejinha' soltou a emoção. As notas do FC Porto-Sporting

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório