Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

"Não conseguimos chegar à final. Há que dar os parabéns ao FC Porto"

A reação do treinador do Vitória SC.

"Não conseguimos chegar à final. Há que dar os parabéns ao FC Porto"
Notícias ao Minuto

22:44 - 17/04/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Álvaro Pacheco

Álvaro Pacheco, treinador do Vitória SC, em declarações à Sport TV, após a derrota frente ao FC Porto (1-3), em jogo da 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Análise: Foi um grande jogo, com três grandes equipas. Proporcionámos um grande espetáculo. Duas equipas que demonstraram que queriam muito chegar à final. Entrámos com essa vontade e fomos felizes, ao finalizar a primeira situação de que dispusemos. Começámos a ganhar, por 1-0. A partir daí, controlámos o jogo. O jogo estava totalmente controlado, até somos a equipa com mais remates. Faltou-nos ter um melhor controlo do jogo. Como é que o FC Porto chega ao golo do empate? É um livre a nosso favor em que sofremos uma transição. O FC Porto faz o empate, e houve um momento em que a equipa ficou um bocado nervosa, e o FC Porto passa pela frente no marcador. A equipa nunca esteve desligada do jogo. Acabámos a primeira parte com uma oportunidade para fazer o 2-2. Na segunda parte, tivemos mais posse de bola, mais remates, um caudal ofensivo tremendo. Faltou melhorar a eficácia, com mais serenidade para estarmos mais perto de chegar ao golo. Se tivéssemos feito o 2-2, não tenho dúvida nenhuma de que isso iria intranquilizar o FC Porto e dar-nos um elã muito grande. Não fomos capazes, mas temos de estar orgulhosos do nosso percurso e pelo jogo que fizemos. Reencontrámos soluções, merecíamos até estar mais dentro do jogo até ao fim, para criar uma expetativa maior, mas temos de estar orgulhosos. Acabou um sonho. Este ano, não temos hipóteses de chegar à final da Taça, mas há coisas que podemos conquistar. Temos de ser capazes de ultrapassar esta desilusão e olhar para o que ainda podemos conquistar. Podemos fazer história pelo clube.

Alterações no ataque: Se disse que queríamos chegar aqui e ganhar, porque estávamos atrás na eliminatória, achei que deveria dar um sinal à equipa, tendo um ponta de lança a criar algum desconforto e a atrair os centrais do FC Porto, provocando espaços. Foi bem conseguido, entrámos muito bem, criámos este fator surpresa ao FC Porto. Fomos capazes de manipular o jogo, passámos para 5x3x2 para controlar o espaço interior. Tivemos uma abordagem fantástica ao nível da estratégia, para estarmos sempre dentro do jogo. Infelizmente, não chegámos ao 2-2. Se o tivéssemos feito, entraríamos no jogo e criaríamos instabilidade no FC Porto. Infelizmente, não conseguimos chegar à final. Há que dar os parabéns ao FC Porto.

Consequências na motivação da equipa: Não vou negar que, hoje, estamos frustrados e tristes. Acalentávamos este sonho de chegar à final. Podíamos lá ter chegado, pelo que foi a junção de dois jogos totalmente equilibrados, decididos nos pormenores. Este grupo tem uma mentalidade de campeões, sabe que temos cinco jogos por conquistar e podemos fazer história por este clube. Lamentamos não termos sido capazes de lá chegar, porque a vida faz-se de tristezas, alegrias, frustrações. Há que focar no que podemos conquistar.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório