Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 30º

As notas do FC Porto-Vitória SC: Jota tomou o Dragão de assalto

Nova derrota para Sérgio Conceição em mais um jogo com polémica à mistura.

As notas do FC Porto-Vitória SC: Jota tomou o Dragão de assalto
Notícias ao Minuto

08:00 - 08/04/24 por Francisco Amaral Santos

Desporto Análise

O FC Porto voltou a cair, na noite de domingo, no campeonato, ao ser derrotado pelo Vitória SC (2-3), em jogo da 28.ª jornada da I Liga. Com possibilidades de se aproximar do segundo lugar, a equipa de Sérgio Conceição assinou uma entrada em falso no Estádio do Dragão e quando conseguiu acordar viu a sua reação ser interrompida pela expulsão de Pepe. 

Galeno, na baliza errada, abriu o marcador logo aos 12 minutos, com Jota Silva a dobrar a vantagem dos visitantes aos 33'. Só antes do intervalo é que o FC Porto conseguiu responder. Galeno redimiu-se de ter visado a baliza errada e reduziu a desvantagem aos 44 minutos.

O conjunto azul e branco parecia bem encaminhado para conseguir chegar ao empate, mas a expulsão de Pepe, que sugeriu um par de óculos ao árbitro Fábio Veríssimo, tirou força aos colegas de equipa e acabou por ditar uma nova derrota, a segunda consecutiva e a sexta em 28 jornadas. 

Vamos aos protagonistas. 

A figura

Jota Silva continua a dar passos firmes de afirmação no futebol português, numa altura em que já se fala num eventual salto para um dos três grandes no final da temporada. Ora, o mais recente internacional português provou, frente ao FC Porto, que é decisivo neste Vitória, tendo participado nos dois golos marcados no Dragão, pese embora apenas no segundo tenha sido diretamente. 

A surpresa 

No meio do caos, Francisco Conceição não teve medo de pegar na bola e de tentar encontrar soluções para tirar o FC Porto de mais uma situação problemática. Correu do início ao fim e tentou servir os colegas que se encontravam na melhor posição e ainda ajudou a defender. Não foi o seu jogo mais conseguido, mas nunca deixou de lutar. 

A desilusão 

Pepe já havia ficado mal no lance do segundo golo, por não ter conseguido travar Jota Silva, e na segunda parte hipotecou as hipóteses que restavam ao FC Porto com uma expulsão. Viu um vermelho direto por sugerir uns óculos ao árbitro, deixou os dragões reduzidos a 10 unidades e tirou força aos companheiros de equipa. 

Os treinadores

Sérgio Conceição

Sem Evanilson e Otávio, que cumpriram castigo, Sérgio Conceição chamou Fábio Cardoso e Namaso ao onze, mas a aposta ficou longe de ser um sucesso. O central já não voltou após o intervalo e o avançado inglês nunca conseguiu causar problemas à defesa do Vitória. Ainda assim, é justo dizer que Conceição mexeu bem na segunda parte, tendo visto a possibilidade de chegar, pelo menos, ao empate sido 'sacrificada' pela expulsão de Pepe. 

Álvaro Pacheco 

O Vitória SC foi igual a si próprio e deu nova prova de força no Estádio do Dragão. Na segunda parte a equipa caiu a nível exibicional, também por conta do cansaço acumulado, mas agarrou-se com unhas e dentes a um triunfo que já não acontecia há quase seis anos. 

O árbitro 

Fábio Veríssimo teve uma noite agitada e cedo percebeu que teria de usar o cartão para não deixar o jogo descarrilar. A expulsão de Pepe foi a decisão mais discutível, mas nos lances dentro da grande área (Galeno a abrir, Taremi a fecha), parece ter decidido bem, não assinalando qualquer falta. 

Leia Também: "Há coragem para expulsar o Pepe, não há para o Di María, Hjulmand..."

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório