Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 23º

Afegã Masomah Ali Zada vai chefiar equipa olímpica de refugiados

A afegã Masomah Ali Zada foi nomeada chefe de Missão da equipa olímpica de refugiados que competirá nos Jogos de Paris2024, anunciou hoje o Comité Olímpico Internacional (COI).

Afegã Masomah Ali Zada vai chefiar equipa olímpica de refugiados
Notícias ao Minuto

16:58 - 11/12/23 por Lusa

Desporto Jogos Olímpicos

Masomah Ali Zada, que integrou a equipa de refugiados em Tóquio2020, vai ter como vice-chefe de Missão Bernadette Castel Hollingsworth, vice-diretora do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

O presidente do COI, Thomas Bach, mostrou-se muito satisfeito com a escolha de Masomah, considerando-a um "exemplo" e disse não conseguir pensar em "ninguém melhor do que ela para representar a equipa e os mais de 110 milhões de pessoas deslocadas em todo o mundo".

Ali Zada nasceu no Afeganistão, numa comunidade de conservadores, na qual as meninas não eram incentivadas a andar de bicicleta, e sofreu várias ameaças quando se juntou a um grupo de mulheres que começaram a competir na modalidade de ciclismo.

Em 2016, depois de ter conseguido integrar a equipa nacional do seu país, a pressão de certas partes da sociedade tornou-se muito forte e a sua família deixou o Afeganistão, exilando-se em França.

Atualmente com 27 anos, Ali Zada integra a Comissão de Atletas do COI e estuda engenharia numa universidade de Lille.

A ciclista afegã sucede à antiga fundista queniana Tegla Laroupe, que chefiou as equipas de refugiados que participaram nos Jogos Olímpicos Rio2016 e Tóquio2020.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório