Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
18º
MIN 10º MÁX 20º

Real Madrid 'dispara' contra arbitragem no dérbi: "Foi um escândalo..."

Merengues perderam por 3-1 diante do Atlético de Madrid.

Real Madrid 'dispara' contra arbitragem no dérbi: "Foi um escândalo..."
Notícias ao Minuto

09:57 - 25/09/23 por Notícias ao Minuto

Desporto La Liga

O Atlético de Madrid saiu vitorioso do El Clásico no domingo. Os colchoneros realizaram um jogo perfeito, perante o rival Real, no dérbi da capital espanhola que se saldou na vitória da equipa liderada por Diego Simeone (3-1), na sexta jornada da La Liga.

Após o apito final, e através de uma peça do seu canal de televisão oficial, o Real Madrid disparou contra a arbitragem do dérbi, considerando que existiram "três erros garrafais" na partida.

"Foi um golo que não deveria ter sido marcado. O golo não foi revisto no VAR. De uma falta em frente à baliza a favor do Real Madrid a um golo contra", disseram os merengues na peça televisiva sobre o golo de Morata, citado pelo jornal Sport.

"É vergonhoso que ele não tenha apitado, mesmo sem a ajuda do VAR. Esse lance tinha de ser revisto, pois foi precedido de uma falta muito clara. É muito claro. Tem de ser anulado porque é um lance decisivo. Cuadra Fernández (no VAR) devia ter ativado o auricular e dito a Alberola que a jogada tinha de ser revista. Foi assim que surgiu o primeiro golo do Atlético, que condicionou o jogo", prosseguiu o Real Madrid.

"Arbitragem terrível de Alberola Rojas. A sua atuação infeliz é decisiva e muda o jogo. O Real Madrid deveria ter ido para o intervalo com 2-2 e o Atlético de Madrid, com um jogador a menos. Mais tarde, um impedimento inexistente de Rüdiger, que não interveio na jogada, fez com que um golo fosse anulado a Camavinga pouco antes do intervalo. Mais um erro claro de Alberola que prejudica a mesma equipa e do VAR sem a intervenção de Clos Gómez", aponta ainda o clube branco, que criticou o Barcelona na referida peça.

"Quando soubemos quem ia ser o árbitro, sabíamos o que ia acontecer. Estão a cometer novamente os mesmos erros grosseiros com o Real Madrid. Este árbitro, recorde-se, é um dos que contratam os serviços do filho de Enríquez Negreira. Apesar de o juiz ter falado de corrupção sistémica, estes árbitros continuam a trabalhar. Não tem nível para arbitrar nem sequer jogos regionais. No entanto, continua a cometer erros atrás de erros", vinca o Real.

"O Alberola é mais um membro da Liga Negreira. É assim que as coisas são. Com estes bois, o Real Madrid tem de lavrar. É uma vergonha. Mais uma vez. E ninguém vai falar na imprensa sobre isto. É uma verdadeira vergonha. Um escândalo. Há três ações que condicionaram completamente o jogo. A produção do jogo não quis rebobinar para trás para ver a origem da jogada. Por outro lado, fizeram-no num jogo entre o Atlético e o Barcelona em que Muniain tocou na bola com a mão", sustentou ainda o Real Madrid, que pediu ainda a expulsão de Giménez.

"O Atlético devia ter ficado reduzido a dez homens. É uma entrada selvagem de Giménez. Um cartão vermelho que, apesar disso, resultou num amarelo. Lembremos que os regulamentos punem não só a dureza, mas também a intenção da ação. O que é que Giménez tem de fazer para ser expulso? Acho lamentável e gravíssimo que o VAR também não tenha entrado em ação. É um cartão vermelho de campeonato", finalizam.

Leia Também: Ancelotti: "Não estivemos bem. Os três golos foram uma fotocópia"

Leia Também: Real Madrid não resiste ao 'tornado Morata' e despede-se da liderança

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório