Meteorologia

  • 16 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 25º

Marques titular e Madeira é baixa de última hora no Mundial

O formação Samuel Marques vai ser titular frente ao País de Gales, mas o 2.ª linha José Madeira é baixa de última hora para a estreia de Portugal no Mundial de râguebi França2023, anunciou hoje o selecionador.

Marques titular e Madeira é baixa de última hora no Mundial
Notícias ao Minuto

21:07 - 14/09/23 por Lusa

Desporto Mundial râguebi

Marques treinou condicionado durante toda a semana, mas recuperou para o jogo de sábado, às 16:45 (hora de Lisboa), em Nice, enquanto Madeira sentiu dores musculares num dos gémeos e vai falhar um encontro da seleção portuguesa pela primeira vez desde a chegada de Patrice Lagisquet ao comando da equipa.

"Precisámos de testar o Samuel hoje e está OK. É um jogador muito importante na nossa equipa, decisivo, porque temos um número 10 jovem e a sua experiência é importante", justificou o técnico francês, em conferência de imprensa, em Nice.

Já sobre José Madeira, o técnico explicou que "sentiu uma pequena dor no gémeo" e que não quis "esperar por amanhã (sexta-feira)" para tomar uma decisão, pois tinha a noção de que "não estaria capaz de jogar".

"O Martim Belo vai iniciar o jogo e o Thibault de Freitas vai estar no banco com o David Wallis", revelou Lagisquet.

Sobre o País de Gales, que anunciou uma equipa com 13 alterações em relação ao 15 titular que venceu Fiji por 32-26 na primeira jornada do Grupo C, Lagisquet assumiu que já esperava muitas alterações no adversário de sábado, uma vez que o jogo dos britânicos com Portugal calha "entre Fiji e Austrália".

Mostrou-se, por isso, mais preocupado com a previsão meteorológica para sábado, que prevê chuva em Nice, o que vai tornar "difícil jogar bom râguebi".

"Não podemos pensar em passar a bola imediatamente para a ponta. Termos de nos adaptar, como qualquer equipa de râguebi. Termos de jogar um râguebi que seja competitivo com essas condições climatéricas", resumiu o 'Express de Bayonne'.

Questionado por um jornalista britânico sobre como é que Portugal pode vencer o País de Gales, o treinador admitiu que pensa sobre isso "há vários meses", mas lembrou que, "mesmo que tivesse a chave, nunca a revelaria".

"Temos de tentar jogar o nosso melhor, mostrar que melhorámos no 'scrum', nos alinhamentos, nos 'mauls', nas áreas decisivas do jogo. Temos de jogar com a nossa identidade e veremos o que acontece. Mas se pudéssemos ganhar, julgo que seria talvez com muita sorte", admitiu Lagisquet.

Ao seu lado, o capitão Tomás Appleton lembrou, a propósito da previsão de chuva e da lesão de José Madeira, que "vão sempre acontecer coisas que não se podem controlar", mas, acima de tudo, a equipa não pode "perder o foco".

"Temos um plano de jogo e uma identidade que acredito que seja mais favorável com a bola seca e a relva sem estar molhada, não podemos deixar que essas condições nos afetem. A motivação e a vontade não se alteram minimamente com as adversidades que têm aparecido", afirmou o centro da seleção lusa.

Portugal defronta o País de Gales, no sábado, em partida da segunda jornada do Grupo C do Mundial de râguebi França2023 prevista para as 16:45 (hora de Lisboa), no Stade de Nice, com arbitragem do inglês Karl Dickson.

A seleção portuguesa estreia-se na competição após ter ficado de 'folga' na primeira jornada, na qual o País de Gales venceu Fiji por 32-26 e a Austrália bateu a Geórgia por 35-15.

Os 'lobos' vão defrontar ainda a Geórgia, em 23 de setembro, a Austrália, em 01 de outubro, e as Fiji, em 08 de outubro.

O Campeonato do Mundo de râguebi França2023 teve início na sexta-feira e decorre até 28 de outubro.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório