Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 26º

Mãe de Rubiales tranca-se numa igreja em greve de fome e faz um pedido

Ángeles Béjar quer que Jenni Hermoso mantenha a versão inicial em torno do polémico beijo na final do Mundial feminino.

Mãe de Rubiales tranca-se numa igreja em greve de fome e faz um pedido
Notícias ao Minuto

11:04 - 28/08/23 por Notícias ao Minuto

Desporto Espanha

Luis Rubiales encontra-se no centro de uma das maiores polémicas de sempre no futebol espanhol, depois do beijo não consentido dado a Jenni Hermoso nos festejos da conquista do Mundial feminino, há mais de uma semana, que tem feito 'correr muita tinta' um pouco por todo o mundo. Ángeles Béjar, mãe do presidente da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), que entretanto foi suspenso, decidiu fazer um protesto algo... insólito.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Sport, a progenitora de Luis Rubiales trancou-se na igreja Divina Pastora de Motril, na manhã desta segunda-feira, garantido fazer greve de fome pela "caça desumana e sangrenta ao filho".

"Estão todos a fazer ao meu filho algo que ele não merece. Ficarei aqui sem tempo definido até que seja feita justiça", contou à EFE, em declarações citadas pelo jornal espanhol, tendo ainda recordado a primeira versão da autora do decisivo golo acerca da polémica: "Quero que ela diga a verdade. Que mantenha a versão que trazia desde o início dos acontecimentos".

“Não houve qualquer abuso uma vez que há consentimento de ambas as partes, como demonstram as imagens. Por que estão a ser tão cruéis com ele? Ele é incapaz de prejudicar alguém", completou.

Recorde-se que a FIFA anunciou, no passado sábado, ter suspendido provisoriamente o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales, na sequência do polémico beijo. A polémica no futebol espanhol surgiu há precisamente uma semana, no passado domingo, durante as comemorações do inédito título mundial por parte da seleção feminina espanhola, que derrotou na final, disputada em Sydney, a Inglaterra por 1-0, quando, na altura da entrega dos prémios, Luis Rubiales beijou na boca a autora do decisivo golo.

Seguiram-se inúmeras críticas ao sucedido, tendo Jenni Hermoso, após numa primeira versão ter dito que tudo ocorreu num momento de maior euforia, afirmado que não tinha consentido o beijo.

Depois de vários dias com muitas críticas por diversos setores da sociedade, a RFEF levou a cabo, na passada sexta-feira, uma Assembleia Geral Extraordinária, na qual era esperado o pedido de demissão de Rubiales, o que não veio a suceder, dando origem a um novo pico de contestação e extremado as posições, com as jogadoras a anunciarem não estarem disponíveis para representar a seleção enquanto os atuais dirigentes da RFEF se mantiverem nos cargos.

Esta segunda-feira está agendada uma reunião urgente para perceber o ponto de situação do organismo que tutela o futebol espanhol.

Leia Também: Armadilha? Selecionador de Espanha alega "engano" nos aplausos a Rubiales

Leia Também: Iniesta quebra silêncio sobre Luis Rubiales: "Como pai de três filhas..."

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório