Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 20º

Associação feminista convoca concentração de apoio a Jenni Hermoso

A associação Feminismos Madrid convocou uma concentração de apoio à futebolista Jenni Hermoso, e restantes jogadoras da seleção feminina de futebol espanhola, devido aos comportamentos do presidente federação espanhola (RFEF), Luis Rubiales, suspenso do cargo pela FIFA.

Associação feminista convoca concentração de apoio a Jenni Hermoso
Notícias ao Minuto

20:36 - 27/08/23 por Lusa

Desporto Madrid

A concentração está marcada para as 20:00 locais (19:00 em Lisboa) na praça Callao, com o objetivo de "reivindicar um desporto livre de violência machista", lê-se numa publicação partilhada na conta da associação na rede social X, antigo Twitter, citada pela agência Europa Press.

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) convocou, para o mesmo dia, uma reunião "extraordinária e urgente" dos presidentes das federações territoriais para segunda-feira, em Madrid, na qual será feita uma "análise e avaliação" da suspensão de Luis Rubiales pela FIFA.

O futebol espanhol está envolto em polémica desde 20 de agosto, quando, no final do jogo que sagrou a seleção feminina espanhola campeã do mundo de futebol, em Sydney, na altura da entrega dos prémios, Luis Rubiales beijou na boca Jenni Hermoso, enquanto festejavam.

Seguiram-se inúmeras críticas ao sucedido, tendo a jogadora afirmado que não tinha consentido o beijo, depois de numa primeira versão ter dito que tudo tinha acontecido num momento de maior euforia.

Depois de vários dias com muitas críticas por diversos setores da sociedade, a RFEF realizou, na sexta-feira, uma Assembleia Geral Extraordinária, na qual era esperado o pedido de demissão de Rubiales.

No entanto Luis Rubiales não se demitiu, dando origem a um novo pico de contestação e extremar das posições, com as jogadoras da seleção a anunciarem não estarem disponíveis para voltar a representar Espanha, enquanto os atuais dirigentes da RFEF se mantiverem nos cargos.

No sábado, a FIFA anunciou a suspensão de Rubiales do cargo por 90 dias.

Na sexta-feira, o governo espanhol anunciou que iria denunciar Luis Rubiales ao Tribunal Administrativo do Desporto (TAD), com o objetivo de o suspender.

"Se o TAD iniciar o processo, eu, enquanto presidente do Conselho Superior do Desporto (CSD), tenho o direito de convocar o comité executivo do CSD para pedir a suspensão de Rubiales", explicou o também secretário de Estado para o Desporto, Victor Francos, durante uma conferência de imprensa em Tarragona.

Victor Francos apelou a que o TAD se reúna "de forma extraordinária" já na segunda-feira.

Caso o tribunal considere que as infrações são "muito graves", então o CSD convocará o seu comité executivo para dar início à suspensão de Rubiales.

A segunda vice-presidente de Espanha e ministra do Trabalho e Economia Social, Yolanda Diáz, vai reunir-se na segunda-feira com a presidente do sindicato maioritátio do futebol feminino (Futpro), Amanda Gutiérrez, com representantes da Associação de Futebolistas Espanhóis e com uma delegação da Liga de Futebol, Feminino.

O selecionador espanhol de futebol feminino, Jorge Vilda, lamentou no sábado o "comportamento impróprio" do presidente RFEF, após a conquista do Mundial2023, e assumiu que o dirigente 'manchou' a conquista histórica da 'la roja' (nome pelo qual é conhecida a seleção espanhola de futebol).

Entretanto, 11 membros da equipa técnica de Jorge Vilda, entre adjuntos, analistas e preparadores, apresentaram a demissão.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório