Meteorologia

  • 30 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 3º MÁX 12º

Qatar desvaloriza a morte de mais um trabalhador: "Faz parte da vida"

Diretor executivo reforçou que o Mundial tem sido um "sucesso", apesar das críticas.

Qatar desvaloriza a morte de mais um trabalhador: "Faz parte da vida"
Notícias ao Minuto

14:09 - 08/12/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Mundial 2022

O diretor executivo do Campeonato do Mundo de 2022, Nasser Al Khater, desvalorizou, esta quinta-feira, em conferência de imprensa, os relatos de que mais um trabalhador migrante terá morrido durante a construção das infraestruturas da prova, que decorre no Qatar.

"Estamos a meio de um Mundial e estamos a ter um Mundial de sucesso, e isto é algo de que querem falar, agora?", atirou o dirigente, quando confrontado com o caso, em declarações reproduzidas pelo portal britânico The Athletic.

"A morte é uma parte natural da vida, aconteça no trabalho ou durante o sono. Um trabalhador morreu. As nossas condolências à família, mas é estranho que seja algo no qual se queiram concentrar logo na primeira pergunta", completou.

O incidente em causa, terá ocorrido durante a fase de grupos da competição, quando o trabalhador, de origem filipina sofreu um acidente como uma empilhadora, no de correr dos trabalhos de restauração no resort de luxo onde ficou hospedada a seleção da Arábia Saudita.

A reação de Nasser Al Jhater surge depois de, na véspera, a FIFA se ter mostrado, em forma de comunicado, "profundamente triste com esta tragédia", prometendo uma nova reação "assim que os processos relevantes em relação ao falecimento do trabalhador forem concluídos".

Leia Também: Trabalhador migrante morre em resort onde estava hospedada seleção

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório