Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

"Gana? Vai ser difícil. Mas acredito que Portugal vai vencer"

Selecionador nacional e Bruno Fernandes fizeram a antevisão ao jogo diante do Gana, que marca a estreia de Portugal no Mundial'2022.

"Gana? Vai ser difícil. Mas acredito que Portugal vai vencer"
Notícias ao Minuto

11:50 - 23/11/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Desporto Fernando Santos

Fernando Santos e Bruno Fernandes fizeram, esta quarta-feira, a antevisão ao jogo diante do Gana, que marca a estreia de Portugal no Mundial'2022.

O médio português foi o primeiro a falar neste encontro com os jornalistas e deixou a garantia de que o grupo de trabalho não está de alguma forma afetado com o assunto Cristiano Ronaldo. O médio prometeu ainda que a equipa vai dar o tudo por tudo para conseguir os três pontos diante do Gana.

Por seu turno, Fernando Santos anteviu um jogo difícil diante da seleção africana, mas mostrou-se confiante numa estreia positiva neste Mundial'2022.

Fique abaixo com o essencial das declarações dos dois protagonistas.

Leia Também: Otto Addo pede "bravura" e espera "jogo equilibrado" com Portugal

Termina a conferência de imprensa

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fim da conferência de imprensa de Bruno Fernandes e Fernando Santos.

Estratégia para o jogo com o Gana

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Em termos estratégicos vamos ter um Portugal parecido como contra a Nigéria. A equipa vai ser dinâmica e criativa. Temos de poteciar as características que temos no momento. Houve gerações com muita qualidade que não ganharam, estes têm [qualidade] e sabem disso. Vou para a cama dormir muito tranquilo. Todos estão em condições, vamos ver hoje o Nuno, que ontem não treinou. Todos me dão garantias. Desfrutando desse conforto, sem perder o foco e a concentração, queremos fazer um grande jogo e ganhar amanhã."

Outros jogos do Mundial. Que conclusões já tirou?

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Há muitas equipas que vêm aqui com a ambição para ganhar. Percebo a pergunta. A Inglaterra e a França são favoritas e A Argentina deixou de o ser porque perdeu? Não acredito. Não é um jogo que vai resolver."

Planeamento para este Mundial'2022

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"O planeamento é diferente. Antes tínhamos mais tempo para preparar e a grande diferença nota-se na intensidade, que é muito forte. Os jogadores vêm no auge ou quase no auge da sua forma. O problema são algumas lesões. Os jogos iniciais não costumam ser tão intensos. Os campeonatos da Europa e do Mundo, acabam, ainda assim, dessa forma, porque os jogadores vão ganhando forma e ritmo. Quem chega às meias-finais e final vem noutro ritmo. Vamos ver se não se inverte o ciclo... A preparação e o repouso é fundamental. Vamos jogar de quatro em quatro dias. Os três primeiros dias tivemos alguma dificuldade, pelo sono, porque são três horas de diferença, os jogadores têm dificuldade em adormecer. Às 21h aqui era meia-noite, devíamos estar a dormir, mas queremos falar um bocadinho com a família. Mas isto já está arrumado."

Ambição para este Mundial?

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Tenho ambição, desejo e sonho de vencer o Mundial. Não há ninguém que esteja neste Mundial e não tenha pelo menos o sonho. E acredito pelo menos que temos a capacidade para lutar por isso. Não somos presunçosos, não achamos que podemos ganhar sozinhos. Estamos convictos na qualidade que esta equipa tem e no nosso trabalho."

Confrontos contra equipas africanas em Mundiais

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Portugal tem defrontado equipas africanas e foram jogos apertados e muito difíceis. Em 2014, o Gana, no Brasil, sei a qualidade que o Gana tinha. As equipas africanas têm muito talento, muita imprevisibilidade e vão sempre crescendo a nível técnicos e táticos. Hoje em dia são equipas muito mais completas. A Arábia há 3 dias era condenada a ter ficado de fora e hoje é candidato a passar a fase de grupos. Têm um treinador experiente Vai se difícil, mas estamos confiantes e acredito que Portugal vai vencer."

Portugal sem vencer um jogo de estreia num Mundial desde 2006

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"O primeiro jogo é sempre mais importante, porque é o primeiro e o próximo. A vitória traz energias mais positivas. Mas no Euro já empatei três e ganhei... Assinava por baixo, mas é um risco muito grande. O adversário vai cria-nos muitos problemas. Esta equipa do Gana é muito bem organizada e vimos isso contra a Suíça, recentemente. É muito rápida nas transições e no ataque rápido. Se não estivermos alerta, eles têm jogadores de muita qualidade, com momentos muito importantes no jogo. Temos respeito pelo adversário. Temos de pensar em nós e em potenciar as nossas capacidades e caraterísticas para alcançarmos a vitória amanhã."

Reorganização da equipa após particular com a Nigéria

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Fizemos uma muito boa exibição, é verdade. Tivemos alegria, dinâmica e imprevisibilidade. Grande capacidade de reorganização do jogo, principalmente na reação à perda e na organização defensiva. Depois de 35 minutos de grande nível, entrámos num período em que desligámos e no qual não o podíamos ter feito. Falhar vamos sempre falhar, vamos sempre cometer alguns erros, mas há coisas desnecessárias. São falhas que não há necessidade. Para percorrer o tal outro meio caminho do código postal é não cometer falhas do mesmo nível. Ficamos mais perto de vencermos o jogo."

Cumprimento dos direitos humanos no Qatar

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Sou um grande defensor, há muitos anos, da liberdade, democracia e direitos humanos. Em 1975. Tinha para aí 21 anos quando comecei a lutar por estas questões. Principalmente os direitos humanos e ainda há uma semana fiz um vídeo. Mas há outras questões que não têm a ver comigo nem com os selecionadores, são questões burocráticas, da FIFA. Deixo isso a quem de direito."

O que é um Mundial aceitável para Portugal?

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Não ponho nenhum target. Sei que é dificuldade. Propomo-nos a dar uma grande alegria aos portugueses. É isso que vamos procurar fazer em todos os jogos. Sentimos este apoio fantástico desde 2016. Quando começar amanhã as praças vão estar cheias e as pessoas vão estar agarradas ao televisor. O que nos move é dar uma grande alegria aos portugueses. A parte de baixo não vale a pena pensarmos, sequer."

Comparação com Mundial'2018 e Euro'2020

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"É essencial, a confiança é fundamental. A única palavra que está escrita no balneário é "nós". Isso é o essencial. Temos aqui muitos jogadores que estiveram nas duas competições. O jogo vai determinar, mas isso é um ponto de partida. Sem isso nada existe. Em 2018, o Mundial aconteceu depois de um incidente. Vários chegaram ao estágio sem clube ou sem saber o futuro. Muitos falaram disso. As suas vidas estavam em jogo. O ambiente era muito bom, mas desviou as atenções. Tivemos jogador a fazer contratos nessa altura, houve uns a renovar, outros com novo contrato, outros a sair. Em 2021, houve Covid e muitas viagens. Esta é que é a massa que nos vem dar confiança para todo o resto. Nos treinos essa confiança é notória. Há alegria, foco, vivacidade, espontaneidade desde o primeiro dia em que chegaram a Portugal. É isso que eu quero. Tenho a certeza que vão colocar isso em campo amanhã."

Tema Ronaldo pode retirar o foco à seleção para a estreia?

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos:

"Não, não acho que possa tirar o foco. Toda a gente está muito focada. Não ouvi qualquer comentário sobre este assunto no espaço de trabalho e de lazer conjunto. Ainda hoje estavam 20 a ver o jogo, uns a jogar matraquilhos e outros a fazer outras coisas, e nunca ouvi uma conversa deste tema. Não é tema nem assunto, nem do próprio. Mas se depois lá no quarto, nas horas sozinhos, se ligam para aqui e para ali… Têm tempo para fazerem o que querem. Há um foco total dos meus jogadores e um espírito fantástico, convictos do que têm para fazer, sabendo da dificuldade que têm, com o Gana e para vencer uma competição destas, que é extremamente difícil. Houve jogos com grandes surpresas ou muito equilibrados, como o Croácia-Marrocos. Não temos assistido aos favoritos, porque hoje em dias cada vez mais as equipas são muito fortes, a maior parte de todos os jogadores jogam em grandes campeonatos, alguns são adversários do Bruno, jogam em grandes equipas e estão habituados às questões táticas. Hoje não há tanto essa diferença que tem a ver com a cultura, porque os treinadores também são todos do mesmo nível. É difícil, mas estamos convictos porque confiamos todos uns nos outros. É como o código postal, dizia-lhes, meio caminho está percorrido. O resto de quem vai percorrer o código postal não sou eu."

Terminam as perguntas para Bruno Fernandes. Segue-se Fernando Santos

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Acabou o período de perguntas a Bruno Fernandes. Fernando Santos fala agora aos jornalistas.

Impacto de Bruno Fernandes no balneário e no jogo de amanhã

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"Nada do que possa dizer aqui pode mudar o jogo de amanhã. O jogo é um momento e nada terá efeito positivo ou negativo nisso. A única coisa que quero é dar uma palavra aos portugueses, para estarem connosco e nos apoiarem como têm feito nos últimos anos. Para remarmos todos para o mesmo lado, independentemente de gostarmos mais ou menos dos jogadores. Representamos um país, não um clube, um amigo ou um familiar, mas toda essa envolvência que é muito importante. Nada poderá afetar a mentalidade do grupo."

Manchester United perdeu um jogador chave com o Cristiano

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"Não estou minimamente preocupado com o futuro ou as decisões do clube. O meu foco está no Mundial, quero fazer o meu melhor para representar o meu país. Sonhei muito com momentos como este, foi sempre um dos meus objetivos estar aqui e agora é preciso concretizar este sonho e fazê-lo da melhor maneira possível."

O Gana é uma grande ameaça? Que impacto pode ter a situação de Ronaldo?

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"Como já disse, o Gana pode causar-nos muitos problemas porque é uma seleção muito rápida, com muita força física. Sabemos que nestas competições fazem sempre grandes exibições. Será um jogo muito difícil, é o primeiro, toda a gente quer entrar a ganhar. O que o Cristiano disse não tem impacto algum. O nosso foco é a seleção e fazer o nosso melhor no jogo de amanhã que, neste momento, é o jogo mais importante."

Como analisa o Gana e se vai dar conselhos a Fernando Santos

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"Para ser treinador não, costumam dizer que tenho mau feitio. Sabemos que o Gana é uma equipa muito intensa, com grande qualidade e jogadores que jogam em grandes campeonatos. Jogadores fortes fisicamente, rápidos, e que fazem boas exibições nestas grandes competições. Conselho? Espero que seja o mister a dar-me a receita para fazer o meu papel amanhã da melhor maneira e sairmos vencedores desse jogo."

Grupo de trabalho forte e as 50 internacionalizações

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"O grupo mais forte é sempre aquele que ganha, é o que fica lembrado. Até hoje, o grupo mais forte foi o de 2016, o de 2019 também por consequência. A responsabilidade é enorme. Representamos o nosso país independemente de ser o número 50 ou 100. Mais do que responsabilidade, é um sentimento de orgulho inexplicável. Todos nós crescemos a sonhar com estes momentos, a ver Mundiais, Europeus... Nós, que o conseguimos concretizar, temos de estar muito felizes por isso e, depois disso, fazer com que os portugueses também sejam felizes connosco lá dentro. Agora é representá-los da melhor maneira".

Brincadeira de Ronaldo e o vir de barco

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"Eu não reagi mal, ri-me... Tive duas horas dentro de um avião e a minha disposição não estava tão boa como a dele. Ele até disse a brincar que quando vem de voos normais também lhe custa isso dos atrasos. Ele tem a facilidade de vir no avião dele. Para mim não era tanto para rir. O foco sempre esteve ao mais alto nível desde que chegámos aqui. Estas questões mexem com os jogadores em questão e não com o resto. Não estava preocupado em saber o futuro dele naquele momento, ele já disse que o troféu mais importante que já ganhou foi o Europeu. Se não fossem estas notícias seriam outras, algo haveria de aparecer nesta altura, quando se tem de falar, fala-se dos que fazem mais barulho, e o Cristiano é o que faz mais barulho no mundo do futebol."

Como se sente no meio da história de Ronaldo?

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"Não me sinto desconfortável e nem tenho de escolher lado nenhum. Para mim foi uma honra representar a seleção nacional com o Cristiano. Poder fazê-lo no clube foi o concretizar de um sonho. O Cristiano foi uma das pessoas que sempre segui, um dos meus ídolos, foi um sonho realizado poder fazer isso. Todos sabemos que nada dura para sempre, para mim foi ótimo, foi bom enquanto durou. Infelizmente agora o Cristiano tomou outra decisão para a vida e carreira, há que respeitar. Todas devem ser respeitadas, independentemente de as pessoas estarem de acordo ou não. Só nós no papel de jogadores, pais de família, maridos irmãos e filhos sabemos o que é preciso fazer e que decisões tomar."

Momento de forma

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes: 

"Ainda há pouco estávamos a falar sobre isso e sobre o facto dos jogos terem sido muito mais intensos do que é normal num Mundial ou Europeu quando são no final de uma época. Os jogadores estão naquela fase do ano em que, potencialmente, a forma física é o melhor. Estamos a um nível de excelência. O facto de chegarmos aqui a meio da época e não no final da mesma facilita muito o facto de estarmos fisicamente muito bem."

Bruno Fernandes questionado sobre a saída de Ronaldo do United

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Bruno Fernandes:

"Claro que não falou comigo sobre a decisão dele. É uma decisão pessoal e que diz respeito a ele e à sua família. Não falámos sobre isso. Toda a gente aqui está focada na seleção e no Mundial. Toda a gente sabre o valor que o Cristiano e todos nós damos ao facto de representarmos o nosso país. Estamos numa competição em que qualquer jogador quer jogar e até poder chegar à final. O foco está na seleção e toda a gente está ciente do que temos de fazer."

Começa a conferência de imprensa

Rodrigo Querido | há 2 semanas

Fernando Santos e Bruno Fernandes vão ser os porta-voz de Portugal na antevisão ao jogo com o Gana

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório