Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 16º MÁX 35º

"O Sporting-Sp. Braga era daqueles jogos que eu gostava de jogar"

Sporting e Sp. Braga vão defrontar-se pela terceira vez em 2020/21. O emblema de Alvalade venceu as duas primeiras partidas e tem maiores chances de fazer o pleno, na opinião de Miguel Garcia. O ex-jogador vê os minhotos cada vez mais atrevidos, mas dá favoritismo aos leões. Ainda recordou a época em que jogou estes jogos e escolheu o que ficou na memória como icónico.

"O Sporting-Sp. Braga era daqueles jogos que eu gostava de jogar"

Sábado é dia de grande jogo e há quem o apelide já de um 'Clássico' da I Liga, apesar de não ter o destaque dos outros. Ainda assim, o confronto entre as duas equipas tem ganho força, especialmente nos últimos anos, e o encontro agendado para este fim de semana não será o primeiro da temporada.

Já por duas vezes que Sporting e Sp. Braga se enfrentaram nesta época. A primeira foi na Supertaça, em julho, e a última na jornada dois da I Liga. Ambas terminaram da mesmo forma, com vitória da equipa de Alvalade por 2-1, e ambas com uma curiosidade: Jovane Cabral e Pedro Gonçalves marcaram os golos das duas vitórias e pela mesma sequência.

Em conversa em exclusivo com o Desporto ao Minuto, Miguel Garcia, antigo jogador que representou os dois emblemas - Sporting entre 2003 e 2007 e Sp. Braga entre 2009 e 2011 -, previu um jogo animado e bem disputado entre duas boas equipas, mas atribui desde o início a carta do favoritismo aos leões. 

"É sempre difícil dar um palpite mais certeiro porque são dois grandes clubes, e, normalmente, os resultados destes jogos são imprevisíveis. Por vezes, até a equipa que está melhor posicionada pode perder. Mas dou sempre o favoritismo ao Sporting, não só por ter sido campeão nacional no ano passado, mas também porque joga em casa, é uma equipa que vem moralizada, está confiante, tem as ideias bem delineadas por todo o trabalho que o Rúben Amorim tem feito. Penso que o Sporting vai ganhar, desta vez pela margem mínima, com mais ou menos dificuldade, apesar de o Sp. Braga também ser uma equipa capaz de criar problemas", disse Miguel Garcia.

Já na altura em que jogava, diz o próprio, este confronto entre guerreiros e leões era visto com outros olhos. Miguel Garcia já vê este jogo como um verdadeiro Clássico, muito devido à força que o Sp. Braga tem ganho nas últimas temporadas.

"Para mim, já é um Clássico. O Sp. Braga já demonstrou, nos últimos 10, 12 anos, que é um clube muito difícil de vencer, um clube que também já deu mostras do valor que tem, não só a nível nacional, mas também internacional. O Sp. Braga normalmente consegue intrometer-se entre os três grandes. Por isso, sábado, será certamente um grande jogo", explicou.

Mesmo por ter deixado de ser um jogo qualquer é que, dentro das equipas, se vê o embate com outros olhos. Miguel Garcia recordou os tempos em que pisava o relvado para jogar o Sporting-Sp. Braga, seja de que lado fosse, e escolheu aquele que lhe ficou na memória.

"Tanto no Sp. Braga como no Sporting, era daqueles jogos que eu gostava de jogar. Eram os jogos mais renhidos, mais difíceis, mas que davam ao mesmo tempo mais prazer, mais adrenalina, nervoso. É esse o tipo de jogos, contra Sp. Braga, como Benfica ou FC Porto, que os jogadores gostam mais de jogar. Estava a tentar recordar-me de todos, mas escolho os três golos do Mauricio Pinilla, em Braga, na vitória do Sporting por 3-0, em 2004/2005", lembrou o antigo jogador.

A equipa do Sporting, na opinião do ex-jogador que está intimamente ligado a um dos momentos mais icónicos do emblema verde e branco, com o golo em Alkmaar, tem tido o seu sucesso com a ajuda do trabalho de Rúben Amorim. Miguel Garcia reconhece que a chave da equipa é a solidez defensiva e o conhecimento dos processos.

"O Sporting joga com uma ideia que Rúben Amorim impôs, porque, antes, a equipa não jogava com esta estratégia. Os jogadores têm-se adaptado bem a esta tática com três defesas mais os dois laterais ofensivos que também fazem muito bem o papel defensivo, o que dá solidez à equipa do Sporting. Tirando os três golos que sofreu frente ao Santa Clara, o Sporting tem uma das melhores defesas da Europa. Em termos ofensivos, não é uma equipa que marque tantos golos como o FC Porto ou como o Benfica, mas cria bastantes oportunidades, e os jogadores, especialmente os da frente, já fazem a ligação e já sabem tudo de olhos fechados", afirmou o ex-defesa.

Do lado do Sp. Braga há uma adversidade das grandes. Além dos já conhecidos casos de Covid-19 e dos infetados no plantel, a equipa minhota não vai ter Carlos Carvalhal no banco, depois da suspensão resultante do jogo frente ao Marítimo. Miguel Garcia admite que a ausência do treinador é sempre negativa, mas não vê razões para os guerreiros não fazerem um jogo à altura do esperado.

"É uma menos valia para o Sp. Braga, claro, apesar de os jogadores, nesta altura do campeonato, saberem o que é que o treinador quer. A equipa técnica também está lá para dar apoio, toda a ajuda necessária, os jogadores estão juntos todos os dias, estão juntos nos jogos, sabem perfeitamente o que é que tem de ser feito", defendeu Miguel Garcia.

No lançamento do que resta da temporada, isto quando ainda vamos na segunda jornada da segunda volta da I Liga, o antigo jogador espera que o Sporting repita o feito da última temporada e que o Sp. Braga continue e galgar terrenos que o leve aos patamares que ambiciona.

"Espero que o Sporting seja campeão. Continua motivado, a praticar bom futebol, a vencer praticamente todos os jogos e vai lutar até ao final para ser campeão. Quanto ao Sp. Braga, tirando os últimos jogos, tem estado a fazer um excelente campeonato. É difícil igualar o arranque que os três grandes fizeram, mas, para o Sp. Braga, estar com um quarto lugar sólido é sempre uma posição tranquilo. Talvez internamente gostassem de estar mais à frente, mais perto dos três grandes. Não estão a consegui-lo nesta época, mas tenho a certeza de que vão fazer uma temporada super tranquila e que vão terminar no quarto lugar", vincou.

O Sporting vai receber o Sp. Braga neste sábado. Os leões são segundos colocados da I Liga, com 47 pontos, menos três que o FC Porto e mais seis que o Benfica. O Sp. Braga está na quarta posição com 32 pontos, a nove de alcançar o pódio. A partida tem início marcado para as 20h30.

Leia Também: De volta para derrubar a vítima favorita. Jovane pode defrontar Sp. Braga

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório