Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2022
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 16º

Edição

Surpresas e desilusões: O que mudou desta primeira volta para a anterior?

Comparando as classificações entre o fim da primeira volta da presente temporada e o da época transata, verificam-se diferenças significativas em alguns clubes.

Surpresas e desilusões: O que mudou desta primeira volta para a anterior?

Chegou ao fim, na quinta-feira, a primeira volta do campeonato português. E, com isso, chegou também o momento de recuar um ano no calendário e perceber o que mudou na classificação de uma época para a outra.

São mais as equipas que fizeram menos pontos comparativamente à época passada do que o cenário inverso. Dos 15 clubes que se mantiveram no principal escalão do futebol português (Estoril, Vizela e Arouca subiram; Nacional, Farense e Rio Ave desceram), sete emblemas conseguiram pontuar mais, mas houve oito a pontuar menos.

Comecemos por aqueles que têm mais pontos do que o que tinham, por esta altura, na época transata. Falamos de FC Porto, Benfica, Gil Vicente, Portimonense, Marítimo e Boavista.

Os dragões e as águias destacam-se nos lugares cimeiros da tabela, mas há dois clubes que conseguiram elevar ainda mais a fasquia: Gil Vicente e Portimonense alcançaram mais dez e nove pontos, respetivamente, passando da segunda metade da tabela para zona de luta europeia.

Segue-se o FC Porto, com mais oito pontos, e o Benfica, com mais seis, com a particularidade de ambos terem subido também um lugar na tabela. Os azuis e brancos passaram de vice-líderes para líderes isolados, enquanto os lisboetas reduziram ligeiramente a diferença para os dois rivais da frente e reservaram um lugar no pódio.

Já as duas equipas a meio da tabela, Marítimo e Boavista, somam mais três pontos por comparação à temporada passada, sendo de realçar que os axadrezados ocupavam a última posição há um ano. O Famalicão soma apenas mais um ponto.

  Classificação 21/22 Pontos 21/22  Pontos 20/21 Posições 20/21
FC Porto 47 39
Sporting 44 45
Benfica 40 34
Braga 32 36
Gil Vicente 26 16 12º
Estoril Praia 25 - -
Portimonense 24 15 15º
Vitória SC 23 31
Marítimo 20 17 11º
10º Boavista 17 14 18º
11º Paços de Ferreira 17 34
12º Vizela 16 - -
13º Tondela 16 18 10º
14º Santa Clara 16 22
15º Famalicão 15 14 17º
16º Moreirense 15 21
17º Arouca 14 - -
18º Belenenses SAD 11 16 13º

Em sentido inverso a estas sete equipas, há oito que não conseguiram tantos pontos como na época passada, mas há uma particularmente em destaque negativo: o Paços de Ferreira. Os castores fizeram literalmente metade dos 34 pontos que tinham na temporada transata, isto é, apenas 17 pontos.

De seguida, destacam-se pela negativa as três equipas que ficaram a lutar por uma vaga europeia na última época. O Vitória SC fez menos oito pontos, já o Santa Clara e o Moreirense, contando com mexidas no comando técnico, fizeram menos seis pontos por comparação à temporada anterior.

Lá na frente, verificamos que também o Sporting e o Sporting de Braga fizeram menos pontos. No caso dos leões, menos um ponto. No caso dos bracarenses, menos quatro. Em ambos os casos isso significou a perda de uma posição na tabela classificativa.

Também o Tondela e a Belenenses SAD desceram por comparação à época passada. Os beirões com menos dois pontos e a Belenenses SAD com menos cinco, encontrando-se no último lugar ao fecho da primeira volta desta época.

Contas feitas, Gil Vicente e Portimonense têm sido as grandes surpresas, enquanto o Paços de Ferreira tem sido a maior das várias desilusões.

Leia Também: FC Porto sem derrotas a meio do campeonato pela 15.ª vez

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório