Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Benfica salva ponto em Camp Nou e 'reza' por ajuda do invencível Bayern

Encarnados podiam ter saído com uma vitória histórica da Catalunha, mas seguram um ponto precioso e que os mantém na corrida pelos oitavos de final. Agora, os alemães têm de ganhar ou empatar com os espanhóis. O Benfica terá de vencer o Dínamo Kiev.

Benfica salva ponto em Camp Nou e 'reza' por ajuda do invencível Bayern

[Crónica em atualização]

O Benfica empatou, esta terça-feira, sem golos na deslocação ao terreno do Barcelona, um resultado que mantém intactas as esperanças dos encarnados de seguir para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

Na próxima jornada, as águias têm de vencer o Dínamo Kiev, e esperar que o Barcelona não vença na deslocação ao terreno do Bayern Munique.

Filme do jogo:

Jorge Jesus não mudou o esquema tático para esta partida em Barcelona, mas, e ao contrário do que se esperava, André Almeida foi o titular no lugar de Morato. Já Xavi Hernández surpreendeu tudo e todos ao apresentar uma equipa inicial num esquema de 3-4-3, muito distinto do habitual 4-3-3 dos catalães.

Como esperado, o Barcelona teve mais posse de bola nos primeiros 45 minutos, mas não fez disso uma grande arma para criar oportunidades de golo, até porque a linha defensiva organizada por Nicolás Otamendi esteve irrepreensível ao longo de toda a partida.

Ainda assim, a primeira ocasião do encontro pertenceu aos catalães. Depois de um início de jogo equilibrado, os blaugrana testaram a atenção de Odysseas Vlachodimos com um remate de Jordi Alba. O lateral espanhol apareceu sem marcação dentro da área e, isolado, atirou para defesa do grego.

No entanto, as melhores ocasiões da etapa complementar pertenceram ao Benfica, uma delas anulada. Aos 34 minutos, Yaremchuk apareceu solto na área a cabecear, num lance que proporcionou uma defesa vistosa a Ter Stegen. Depois, surgiu o golo anulado ao Benfica, numa decisão um tanto ou quanto polémica da equipa de arbitragem liderada por Sergei Karasev.

Na sequência de um pontapé de canto aos 35 minutos, Otamendi marcou um grande golo de fora da área, mas o árbitro auxiliar levantou a bandeira para assinalar que a bola saiu na execução do canto batido por Everton antes da bola chegar ao internacional português Rafa Silva.

Perto do intervalo, o Barcelona, que teve sempre mais bola, também poderia ter marcado. Demir já atirou à trave e Vlachodimos, num lance em que o guarda-redes do Benfica estava batido.

No segundo tempo, a equipa da casa entrou mais pressionante e à procura do golo que desse a vantagem. Depay esteve perto de quebrar o nulo nesta noite chuvosa na Catalunha, mas um corte in extremis do argentino impediu o remate do neerlandês. Depois, aos 68 minutos, foi a vez de Vlachodimos brilhar, defendendo um belo cabeceamento de Frenkie de Jong.

Percebendo que os blaugrana estavam mais acutilantes, Jesus tirou Everton e Rafa Silva da partida, entrando para os seus lugares Pizzi e Lazaro, para tentar conter o ímpeto do Barcelona nos últimos minutos do encontro. Antes, já tinha sido lançado Darwin Núñez no lugar de Yaremchuk.

A formação orientada por Xavi Hernández foi continuando a crescer nesta parte final do encontro, e marcou mesmo a Vlachodimos, mas o lance foi anulado. Ronald Araújo apareceu na área a finalizar, mas estava em posição de fora de jogo para desalento dos adeptos da equipa da casa.

Até final, destaque para a perdida inacreditável de Haris Seferovic nos descontos e que poderia ter dado a vitória aos encarnados. Darwin fugiu com Seferovic num dois contra um e isolou o avançado suíço. O helvético fintou Ter Stegen e com a baliza aberta atirou ao lado.

Com este resultado, o Benfica mantém a terceira posição com cinco pontos, a dois do Barcelona, e garante para já o terceiro lugar, que pode dar acesso à Liga Europa. O sonho dos oitavos mantém-se vivo, mas para isso ser alcançado o Barcelona não pode ganhar ao Bayern Munique, e os encarnados têm de vencer na última jornada o Dínamo Kiev.

Momento do jogo: Perdida escandalosa de Haris Seferovic. O avançado suíço tinha tudo para fazer o golo da vitória dos encarnados, mas acabou por deixar Jorge Jesus à beira de um ataque de nervos depois de falhar o remate com a baliza completamente escancarada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório