Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

"Saída de Messi ia acontecer mais cedo ou mais tarde"

Presidente do Barcelona assume que as dificuldades financeiras que o clube vive inviabilizaram a continuidade do argentino,

"Saída de Messi ia acontecer mais cedo ou mais tarde"

O presidente do Barcelona Joan Laporta, explicou aos sócios na Assembleia Geral a saída de Lionel Messi para o PSG no último mercado de verão.

O líder do emblema catalão assumiu que as dificuldades financeiras pelos quais o clube ultrapassa inviabilizaram a continuidade do argentino.

“Não tínhamos margem salarial e com o resultado da auditoria constatámos que a herança recebida não era boa. Para caber Messi tivemos que aceitar uma operação com um fundo de investimento chamado CVC, disse-nos a Liga. Não podíamos aceitar. tal como foi formulado. Messi não podia esperar mais e entendeu que era hora de não continuar", começou por dizer Laporta, citado pelo jornal espanhol Sport, sublinhando que o internacional argentino não tinha nenhum acordo com os catalães.

"Os empresários de Messi garantiram-me, e acredito, que nada fizeram: ele apenas queria continuar no Barcelona. Este momento [a saída de Messi] tinha de acontecer mais cedo ou mais tarde. Infelizmente já passou, talvez uns dois anos mais cedo do que o esperado", finalizou.

Leia Também: Koeman e o jogo com o Real Madrid: "Há que jogar sem medo"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório