Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Solskjaer não se arrepende de substituir CR7: "Era o momento certo"

Internacional português deixou o relvado na companhia de Bruno Fernandes quando Manchester United e Young Boys estavam empatados a uma bola.

Solskjaer não se arrepende de substituir CR7: "Era o momento certo"

O Manchester United entrou com o 'pé esquerdo' na fase de grupos da jornada inaugural, uma vez que foi derrotado pelo Young Boys, na Suíça, por 1-2, depois de Cristiano Ronaldo ter colocado a equipa em vantagem na primeira parte do encontro da jornada inaugural.

O internacional português acabaria por ser substituído por Jesse Lingard (que acabaria por cometer o erro que resultou no golo dos homens da casa) quando a partida ainda estava empatada, juntamente com Bruno Fernandes.

No entanto, após o apito final, Ole Gunnar Solskjaer falou aos jornalistas e garantiu que não se encontrava arrependido da decisão, justificando-a com o cansaço acumulado de ambos, que já tinham sido utilizados no triunfo sobre o Newcastle, por 4-1.

"O jogo já ia nos 70 e tal minutos, eles já tinham corrido muito no sábado, e, neste jogo, o relvado artificial deixa mossa. Queríamos a experiência de Nemanja Matic e as pernas do Jesse", começou por afirmar o treinador dos red devils.

"O Cristiano foi excecional, mas temos de tomar conta dele e senti que era o momento certo para o retirar do campo", completou, em declarações reproduzidas pelo jornal britânico The Sun.

Leia Também: Ronaldo acertou numa segurança e foi de imediato ajudá-la

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório