Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Klopp e Van Dijk numa curiosa conversa: "A minha mulher pergunta o mesmo"

Treinador do Liverpool admite que ficou preocupado com a lesão sofrida pelo jogador ao serviço da seleção.

Klopp e Van Dijk numa curiosa conversa: "A minha mulher pergunta o mesmo"

Jurgen Klopp assumiu, esta quinta-feira, que ficou preocupado ao ver Virgil van Dijk abandonar a Johan Cruyff Arena, em Amesterdão, a coxear, devido a uma lesão sofrida na categórica vitória conquistada pelos Países Baixos diante da Turquia, por 6-1.

O defesa-central ficou queixoso após um lance dividido com Halil Dervisoglu, mas fez questão de tranquilizar o treinador do Liverpool, com um diálogo que acabou por assumir alguns contornos caricatos.

"É claro que foi um momento assustador, como podem imaginar. Mandei-lhe uma mensagem depois do jogo, a perguntar 'Estás bem?'. Ele disse 'Sim'. 'A 100%?", e ele disse 'A 200%'", relatou, em declarações prestadas às plataformas oficiais dos reds.

"'Vá lá, envia-me um vídeo teu sem coxeares'... E ele disse 'Estou a coxear pouco'. Por isso, ligou-me a partir do autocarro e disse 'Chefe, estou bem!'. Eu disse 'Então, porque é que estás a coxear?'", prosseguiu o treinador alemão.

"Ele respondeu 'A minha mulher perguntou-me o mesmo!'. Por isso, sim, foi um momento algo complicado, mas, fora isso, não, todos os outros estão bem", concluiu, referindo-se aos jogadores que estiveram ao serviço das respetivas seleções.

Leia Também: "Fraturei um dedo a Van Dijk e não sei como aconteceu"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório