Meteorologia

  • 15 JUNHO 2021
Tempo
28º
MIN 17º MÁX 32º

Edição

"Rúben Amorim ainda pode extrair muito mais de Paulinho"

O antigo presidente do Gil Vicente, António Fiúza, que conhece bem o avançado do Sporting, acredita que Paulinho vai ser um dos melhores marcadores da I Liga na época 2021/22.

"Rúben Amorim ainda pode extrair muito mais de Paulinho"

Paulinho chegou a meio da temporada 2020/21, procedente do Sporting de Braga, no mercado de inverno, mas a adaptação a um novo estilo, e alguns problemas físicos que padecia na altura, não ajudaram a uma explosão tão fulgurante quão desejada.

Porém, o internacional português rubricou um dos golos mais importante na época transata, o do título verde e branco, diante do Boavista. Em conversa com o Desporto ao Minuto, António Fiúza, antigo presidente do Gil Vicente, não tem dúvidas de que "Rúben Amorim ainda pode extrair muito mais do Paulinho".

Recorde-se que o avançado, agora com 28 anos, atuou no emblema de Barcelos, entre 2013 e 2017, para depois ser transferido para o Sporting de Braga.

"Ele tem tudo para singrar no Sporting, porque conhecendo-o bem, como o conheço, é um lutador e um excelente profissional. No Gil Vicente, era dos primeiros a chegar e dos últimos a abandonar o estádio, por isso não tenho dúvidas que o Paulinho vai consolidar o seu processo de adaptação e tornar-se um dos indiscutíveis titulares no onze do Sporting", começou por dizer António Fiúza, asseverando que o internacional português vai singrar na lista de artilheiros da próxima época.

"Não é fácil estar a dizer que ele vai ser o melhor marcador do campeonato, mas acredito que vai marcar muitos golos e ser um dos melhores artilheiros da temporada 2021/22. É difícil fazer futurologia, mas que ele é um goleador nato, um jogador felino, um jogador de área, deveras inteligente, e também muito bom a assistir os colegas, isso não tenho qualquer dúvida", confessou o ex-presidente do emblema minhoto,  acrescentando que se trata de um "jogador do futebol moderno".

Paulinho que, ao longo da sua carreira como profissional, só superou a marca dos 20 ou mais golos, por época, em duas ocasiões. "Nas outras temporadas nunca jogava a ponta de lança, mas a extremo, e não é tão fácil chegar ao golo atuando nas alas. Quando o Álvaro Magalhães [técnico que orientou no Gil na época 2016/17] o colocou a ponta de lança, aí é que ele começou a marcar mais golos", rematou. 

Leia Também: Três portugueses na lista dos melhores golos da Liga Europa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório