Meteorologia

  • 29 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

23 dias para o Euro: Suíça com argumentos para baralhar contas do grupo A

Helvéticos estão longe de serem favoritos no grupo, mas já provaram ser adversários complicados para qualquer seleção do mundo.

23 dias para o Euro: Suíça com argumentos para baralhar contas do grupo A

O Desporto ao Minuto já deu o pontapé de saída para a contagem decrescente para o Euro'2020 e esta quarta-feira é a vez de apresentarmos a seleção da Suíça. Inserida no grupo A, juntamente com Itália, Turquia e País de Gales, esta seleção helvética está longe de ser favorita mas promete complicar a vida a qualquer adversário. 

Numa mistura de jogadores bastante experientes e alguns jovens com talento, não faltam nomes sonantes nesta seleção que no último Europeu, em França, acabou por ser eliminada pela velha rival Polónia nos oitavos de final. Passados cinco anos, os suíços chegam à maior montra do futebol europeu de seleções para fazerem mais e melhor. 

Claro que está que Seferovic, por ser um já velho conhecido do futebol português, é um dos rostos mais visíveis desta seleção da Suíça, mas o talento helvético não se fica pelo goleador do Benfica. 

A figura 

Xherdan Shaqiri dispensa apresentações para quem acompanha o futebol europeu. O baixinho suíço é um verdadeiro tratado com a bola nos pés e pode ser absolutamente decisivo nesta seleção. Ora com um passe a rasgar a defensiva contrária, ora através de um remate fulminante, o jogador do Liverpool é a estrela da companhia. É verdade que em Anfield é figura de segundo plano, mas quem conhece Shaqiri sabe que o jogador suíço tem sempre uma cartada na manga. 

O joker 

Haris Seferovic só poderia ser o joker desta Suíça. Sim, o estilo de jogo do avançado do Benfica não é consensual por entre os adeptos, mas os números assinados nesta temporada deixam a sensação de que pode fazer estragos no Euro'2020. Além disso, o sistema de jogo montado por Vladimir Petkovic favorece as qualidades de Seferovic. Explicamos tudo abaixo. 

Sistema tático

A Suíça não foge à moda dos três centrais e Petkovic aposta tudo no trio defensivo formado por Manuel Akanji, Ricardo Rodríguez e Nico Elvedi. No meio-campo conta com a experiência de jogadores como Edimilson Fernandes, Granit Xhaka ou Remo Freuler para equilibrar a equipa. De resto, Breel Embolo e o craque Shaqiri são normalmente os homens escolhidos para servir Seferovic. Na baliza, não esquecemos, mora um outro craque com história nestas andanças: Yann Sommer.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório