Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 28º

Edição

"Vitória sobre a Juventus? Secretário de Estado se calhar ainda nem sabe"

Presidente do FC Porto não estranhou a ausência de uma mensagem do Governo depois do apuramento para os quartos de final da Liga dos Campeões.

"Vitória sobre a Juventus? Secretário de Estado se calhar ainda nem sabe"

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, concedeu esta sexta-feira uma extensa entrevista ao jornal O Jogo na qual analisou o apuramento épico para os quartos de final da Liga dos Campeões após eliminar a Juventus.

O presidente portista falou do abraço emocionado ao treinador Sérgio Conceição e recordou a derrota na final da Taça das Taças no ano de 1984.

"É verdade que são imensas as vitórias que o FC Porto tem tido na minha presidência, mas essas para mim fazem parte do passado. Vivo cada jogo com a mesma vontade de vencer, como se nunca tivesse ganho nada. Antes do jogo, o presidente da Juventus, o sr. Agnelli, perguntou-me quantos títulos o FC Porto já tinha ganho e ficou muito admirado porque eu não lhe soube responder, porque isso para mim não conta, conta é para a história do clube, que não terá de ser feita por mim. Mas é evidente que, para mim, este é um jogo especial por muitas razões", começou por dizer o dirigente dos azuis e brancos, antes de recordar a derrota na final da Taça das Taças em 1984.

"Estava completamente convicto [de que íamos ganhar]. E era muito importante para mim por muitas razões. A primeira é que, a 16 de maio de 1984, na primeira vez que o FC Porto esteve numa final europeia, perdemo-la contra a Juventus. Isso ficou-me atravessado", prosseguiu, antes de deixar elogios ao treinador Sérgio Conceição, recordando o abraço emocionado em Turim.

"E também foi um abraço para o Sérgio, não só pelo reconhecimento do seu grande trabalho, mas sobretudo pela perseguição constante dos organismos desportivos. O Sérgio fala nas conferências, diz o que pensa, tenta ajudar o futebol e constantemente leva com processos... Foi um agradecimento e também uma reparação por tudo o que tem sofrido nesse campo, dessa forma. Foi um reconhecimento público, instantâneo, sobre aquilo que, de facto, ele tem feito, que é fantástico. E, sobretudo, repito, um abraço de compensação para tudo o que ele tem sofrido com constantes processos e perseguição de muita gente da comunicação social", atirou.

"Foi uma grande vitória, embora haja alguns imbecis que descobriram que a Juventus que há três meses ganhou 3-0 na casa do grande Barcelona, seja uma equipa que não joga nada e não tem bons jogadores. Mas o Sérgio já sabe o que a casa gasta e continua obcecado por vencer no clube do seu coração, que felizmente é também o coração de todos nós, portistas", acrescentou.

Pinto da Costa aproveitou ainda a entrevista para deixar críticas ao Secretário de Estado do desporto, João Paulo Rebelo, de quem não recebeu uma mensagem de felicitações depois de ter eliminado a Juventus.

"Não fiquei espantado. Recebi mensagem do deputado do PS, Tiago Barbosa Ribeiro, que também mandou com enorme emoção e satisfação. Em termos governamentais ou responsáveis pelo Desporto, nomeadamente o Secretário de Estado da juventude e do desporto, não recebi nada. Mas é normal. Ele está preocupado é com o negócio da centralização dos direitos televisivos. Se calhar ainda nem sabe que o FC Porto se apurou em Turim, ou se calhar vai saber mais tarde, da mesma forma que só soube do falecimento do nosso grande Alfredo Quintana quatro ou cinco dias depois, quando mandou uma carta formal de sentimentos ao FC Porto, depois de na véspera ter sido criticado num programa televisivo por não ter aparecido ninguém no funeral, nem mandando qualquer cumprimento", finalizou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório