Meteorologia

  • 16 ABRIL 2021
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Da Grécia nem carinho, nem Europa: As notas do Arsenal-Benfica

Em plena crise de resultados e de confiança, os encarnados esbarraram de frente contra os gunners e dizem adeus à Liga Europa. Grécia volta a 'tramar' Jesus, depois da eliminação diante do PAOK.

Da Grécia nem carinho, nem Europa: As notas do Arsenal-Benfica

A Grécia, território conhecido pelas suas paisagens paradisíacas, foi terreno de inferno para o Benfica esta temporada, que acabou por morrer na praia nas duas competições europeias que foi disputar em solo helénico.

Depois de em setembro ter os encarnados terem sido eliminados da Liga dos Campeões diante dos gregos do PAOK, o Benfica voltou a 'morrer na praia' e caiu da Liga Europa diante do Arsenal, numa partida também ela realizada na Grécia por conta das restrições de viagens para o Reino Unido.

Os encarnados, que estiveram a poucos minutos de voltar a eliminar o Arsenal, 30 anos depois, perderam, por 3-2, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, voltando a cair nesta fase da prova um ano depois de terem sido eliminados pelo Shakhtar Donetsk.

Num jogo muito equilibrado, a diferença acabou por ser feita pelos homens de ataque. Do lado do Arsenal, Aubameyang, que na primeira mão tinha estado desencontrado com a baliza, foi o homem-golo de Arteta nesta segunda-mão e marcou dois dos três golos com que os gunners venceram o encontro, destacando-se o facto de o gabonês ter feito apenas três remates no encontro, dois deles enquadrados com a baliza e que deram, claro está, em golo.

O Benfica ainda esteve na frente da eliminatória, com dois golos de Diogo Gonçalves e Rafa Silva, mas dois erros defensivos, isto depois de Aubameyang ter aberto o marcador na Grécia, comprometeram os encarnados e deram a vitória aos homens de Arteta. Destaque também para o facto do Benfica ter marcado nos dois únicos remates enquadrados, o que fez com que Bernd Leno terminasse o jogo sem efetuar qualquer defesa.

Mas vamos às notas do encontro:

Figura do jogo: Depois de ter estado em baixo de forma no encontro da primeira mão, Aubameyang foi a figura de proa na tarde/noite de quinta-feira. O gabonês foi o elemento que mais desequilibrou na frente de ataque, aproveitando bem os espaços deixados pela defesa do Benfica. Marcou dois bons golos.

Surpresa: Diogo Gonçalves foi o melhor jogador do lado do Benfica, a par do português Rafa Silva. Esteve muito bem a nível defensivo, mas também ofensivo, com um belo golo de livre direto. Tem vindo a ganhar cada vez mais confiança e começa a reclamar um lugar a titular.

Desilusão: Depois de um bom jogo na primeira mão, Lucas Veríssimo foi o elemento menos do lado dos encarnados. Revelou algum nervosismo e cometeu algumas falhas. Podia ter feito mais nos lances dos golos marcados por Aubameyang.

Mikel Arteta: Os gunners entraram melhor na partida e justificaram o golo inicial de Aubameyang. Em vantagem, os londrinos permitiram ao Benfica equilibrar o encontro e em dois erros de Ceballos os encarnados saltaram para a frente do marcador. A perder, o Arsenal foi eficaz e aproveitou dois erros defensivos do Benfica, que recuou muito a linha defensiva, para carimbar a passagem na eliminatória.

Jorge Jesus: Depois de entrar a perder no encontro, com uma desatenção da linha defensiva, o técnico fez subir a sua linha defensiva e conseguiu 'apanhar' várias vezes os avançados do Arsenal em posição irregular. Os golos de Diogo Gonçalves e Rafa Silva premiaram uma boa reação do Benfica na parte final do primeiro tempo e que se prolongou para o início da segunda parte. A ganhar, o técnico decidiu recuar linhas e pagou caro estar a defender de forma muito recuada.

Arbitragem:

Excelente atuação da equipa de arbitragem liderada pelo holandês Björn Kuipers. Esteve bem ao validar o golo de Aubameyang e bem no fora de jogo do mesmo já na segunda parte.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório