Meteorologia

  • 03 MARçO 2021
Tempo
19º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

"Quando o FC Porto ficou a jogar com 10 o Benfica já deveria estar com 9"

Dragões defendem que Pizzi e Nuno Tavares escaparam à expulsão.

"Quando o FC Porto ficou a jogar com 10 o Benfica já deveria estar com 9"

O FC Porto apontou o dedo, este sábado, ao "desacerto disciplinar da equipa de arbitragem" no Clássico com o Benfica (1-1), registado na noite de ontem, em jogo da 14.ª jornada da I Liga. Os dragões defendem que as águias deviam ter terminado o jogo apenas com nove jogadores, uma vez que acreditam que Nuno Tavares e Pizzi escaparam à expulsão. 

"O jogo foi “difícil” para o FC Porto, o Benfica e os árbitros, comentou no final Sérgio Conceição, e a verdade é que o desfecho foi muito condicionado pelo desacerto disciplinar da equipa de arbitragem. Quando o FC Porto ficou a jogar com dez, o Benfica já deveria estar só com nove em campo: Pizzi e Nuno Tavares conseguiram escapar a vários cartões amarelos que lhes valeriam expulsão por acumulação, mas só viram um cada um", pode ler-se na newsletter Dragões Diário deste sábado. 

Na mesma publicação, o FC Porto aponta já baterias para o outro Clássico, com o Sporting, agendado para terça-feira e referente às meias-finais da Taça da Liga. 

"O próximo objetivo é claro: vencer a Taça da Liga", garante a publicação oficial do FC Porto. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório