Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

"Confinamento? Não sei se será possível parar o futebol outra vez"

FC Porto joga, no estádio da Madeira, nesta terça-feira, num duelo relativo aos 16-avos de final da Taça de Inglaterra.

"Confinamento? Não sei se será possível parar o futebol outra vez"

FC Porto e Nacional disputam, nesta terça-feira, no estádio da Madeira, pelas 18 horas, por uma vaga nos oitavos de final da Taça de Portugal.

Quem se apurar para a próxima fase da competição irá defrontar o vencedor da eliminatória entre o Gil Vicente e o Académico de Viseu.

Sérgio Conceição fez hoje a antevisão a esta partida e mostrou alguma preocupação relativamente ao relvado da Choupana, avançando que até pode mudar alguma peça do onze à última da hora.

Também nesta conferência nota ainda para o facto do treinador azul e branco ter abordado uma possível nova paragem do campeonato, devido ao novo confinamento que se antevê.

Antevisão ao duelo frente ao Nacional: A dinâmica da equipa do Nacional não vai mudar e até acredito que será semelhante ao que fez contra nós no Dragão. Sabemos que este jogo vale uma passagem à próxima fase da Taça. É um jogo importante até porque queremos chegar à final. Agora também é importante saber como vai estar o relvado, até porque isso pode implicar uma ou outra alteração no onze.

Relvado da Choupana e clima incerto: A estratégia está definida. Frente ao Famalicão tivemos um relvado difícil, agora vamos ter outro relvado difícil, mas é o que temos e temos de ser mais fortes do que isso.

Gestão de jogadores três dias antes do Clássico: Temos de ir à Madeira e ganhar o jogo e para isso temos de apostar no melhor onze. O Nacional vai fazer o quarto jogo seguido em casa, jogou no mesmo dia de que nós e acredito que vai estar nas mesmas condições do que nós. Agora não podemos pensar mais na questão do tempo, nem do relvado, temos de ultrapassar isso.

Reforços de mercado de inverno? (risos) Estava à porta do Olival, escondido, para não falarmos dele. 

Covid-19: A preocupação é diária. Nós temos a obrigação de nos proteger a nós e aos outros e alertamos os jogadores para que no espaço fora do trabalho procedam da mesma forma. Esta pandemia é terrível, mas é o que é.

Crescimento do Taremi: O Taremi teve o seu trajeto normal, teve um período de adaptação e sempre soube que no Rio Ave a situação de jogo era uma e no Dragão a situação é outra. Ele conseguiu entender essas diferenças e perceber que no último terço podia ser um jogador decisivo. Apesar da muita pressão externa que ele teve para jogar no início da temporada, ele entrou no momento certo e aí está a resposta, mas verdade seja dita eu não acerto sempre.

Regresso de um jogador curado à Covid-19. Como olha para um jogador que teve Covid-19: Eu não preciso de saber todos os passos que os jogadores que dão em casa, mas temos sempre um acompanhamento diário, quase hora a hora do que estão a fazer em casa, uma vez que queremos que o jogador quando regresse esteja a competir nos melhores níveis.

Novo possível confinamento e possível paragem do desporto: Não sei se será possível parar esta máquina outra vez, mas se assim tiver de ser teremos de respeitar essa decisão e continuar o nosso trabalho. Nós já temos experiência de estarmos dois meses confinados, por isso estamos já habituados. Essa experiência dentro do que é mau até correu bem, agora não desejaria que houvesse nova interrupção.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório