Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 19º

Edição

"Existiu negligência, imprudência e imperícia na morte de Maradona"

Médico defende que El Pibe "não estava em condições de receber alta".

"Existiu negligência, imprudência e imperícia na morte de Maradona"
Notícias ao Minuto

17:44 - 03/12/20 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Alfredo Cahe

Alfredo Cahe, antigo médico de Diego Armando Maradona, pronunciou-se, esta quinta-feira, pela primeira vez sobre a morte de El Pibe, aos 60 anos, vítima de uma paragem cardiorrespiratória.

Em entrevista concedida à argentina Radio Rivadavia, o especialista disse não perceber por que a 'lenda' do futebol mundial recebeu alta hospitalar tão cedo após ter sido operado a um hematoma subdural.

"Maradona não estava em condições de receber alta, e nem sequer foi profundamente examinado. Na minha opinião, existiu negligência, imprudência e imperícia, as três coisas em conjunto", começou por dizer.

"Na Clínica Olivos [onde Maradona foi alvo de intervenção cirúrgica], não o vi com um acompanhamento total, e também não o vi com um plano de enfermaria constante e contínuo", acrescentou.

Alfredo Cahe, que disse estar "em estado de comoção", defendeu, ainda, que Diego Armando Maradona "não foi tratado como devia ser", uma vez que "tinha que permanecer internado, e não numa casa que não estava preparada".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório