Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

"Real? Desde a insensata venda de Cristiano não há quem faça golos"

Ramón Calderón, antigo presidente merengue, lembra que o emblema espanhol foi o único dos grandes clubes a não contratar reforços.

"Real? Desde a insensata venda de Cristiano não há quem faça golos"

Depois de dois desaires inesperados, o futuro desportivo do Real Madrid, apesar de estarmos ainda no início da temporada, está sob escrutínio exaustivo, até porque no fim de semana há jogo com o Barcelona.

Ramón Calderón, antigo presidente do clube, descarta culpas para Zidane, lembra as dificuldades financeiras dos merengues e diz que clube foi o único a não se reforçar durante o mercado de verão.

"Depois da loucura da venda do Cristiano sabia-se que a equipa iria precisar de reforços nessa posição e nas demais, mas a triste realidade é que o 'banco' não só está vazio, mas está cheio de faturas no valor de aproximadamente 1.000 milhões que o clube tem que pagar", começou por referir o ex-dirigente.

"Zidane? Ele está a fazer a cesta com o vime que tem. O jogo contra o Shakhtar não foi bom, houve muitos erros, provavelmente também as opções iniciais, mas a culpa não é de ninguém em particular, é de uma série de circunstâncias. Desde a venda insensata de Cristiano não há quem faça golos", atirou para terminar sobre o tema

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório