Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Fernando Santos promove quatro regressos e explica convocados

Selecionador Nacional deu a conhecer os eleitos para os três jogos em outubro com Espanha, França e Suécia.

Fernando Santos promove quatro regressos e explica convocados

[Direto em atualização]

selecionador Fernando Santos divulgou esta quinta-feira a lista de convocados de Portugal para os três jogos que os campeões europeus vão realizar no mês de outubro, dois a contar para a Liga das Nações.

Seleção Nacional defronta a Espanha num encontro particular que vai decorrer num Estádio José Alvalade já com público nas bancadas, seguindo-se dois jogos a contar para o Grupo 3 da Liga das Nações frente à Suécia e França.

Destaque para os regressos de Rúben Semedo, William Carvalho, Rafa Silva e Daniel Podence nos eleitos para estes três encontros.

Fique com as principais declarações do Selecionador nacional e com os eleitos divulgados na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Fernando Santos em discurso direto:

Jogadores de férias nas Seleções? Isso não faz sentido. Já fui treinador de clube e nunca tive essa opinião. Quem trabalha nas seleções são altamente profissionais e competentes. Não queremos prejudicar nem os clubes nem os jogadores.

Resposta na jornada anterior: Desde 2014 que temos uma equipa sólida e com qualidade e se não tivéssemos qualidade não tínhamos ganho o Europeu e a Liga das Nações.

Laterais direitos de qualidade: Cada um tem as suas características, não são todos iguais. Há uns que atacam bem e outros que defendem melhor. Depende muito do que eu quero para cada jogo.

Preparar três jogos num espaço curto: Nunca há tempo para preparar jogos. É uma questão de que tenho falado muito, é um dos défices das Seleções Nacionais porque não há tempo para treinar. A maioria dos jogadores vem com muitos jogos já em cima e quando chegam à equipa nacional resta-nos um dia para fazer um pouco mais. Esse é o mérito enorme dos selecionadores

Renovação em Espanha: A pergunta pode ser colocada ao Luis Enrique da mesma forma. As diferenças em relação ao último jogo no Campeonato do Mundo são substanciais. É algo perfeitamente natural. Isso acontece com Espanha e Portugal.

Jogo especial com Espanha: Não sei se há esse nível de rivalidade. Um Argentina-Brasil ou um Paraguai-Brasil há sempre essa relação. São duas grandes equipas, é quase um dérbi, mas é um confronto. Vai ser um excelente confronto.

Ausência na convocatória de jogadores que jogam em Portugal: Se reuníssemos no campeonato nacional todos estes jogadores que estão por fora obviamente que estaria a um nível superior. Para a Seleção é igual, tanto faz que estejam em Portugal ou fora. Importante é a sua evolução seja constante e que melhorem cada vez mais as suas qualidades.

Diogo Jota e declarações de adjunto do Liverpool: Tenho um grande respeito pelo Klopp, é um treinador de eleições. Essas palavras refletem o trabalho que tem sido feito pela Seleção e pelos clubes que tem potenciado a qualidade dos jogadores. 

Relativizar jogo com a Espanha: Claro que não, isso é impossível. Relativizar um confronto com duas seleções deste nível é sempre negativo. O jogo da Espanha, que não vale pontos, e o da França, que vale pontos, são diferentes, mas em termos daquilo que é o jogo não é diferente porque o jogo com a Espanha é importante. Não vai haver experiências. Irá jogar a equipa que eu entender.

Convocados: O grupo não deixa de ser estável porque há três ou quatro alterações. Quem não está agora não significa que não regresse depois. A seleção é aberta e existe um lote alargado de grandes jogadores. Estou muito satisfeito com o comportamento dos que não vêm, mas entendi que para esta janela deveria optar por outros jogadores com características diferentes. Se vêm é porque têm a mesma qualidade dos outros. Por isso é que estão sempre nas opções da equipa nacional. Importante é manter o nosso plano de jogo, o nosso pensamento, o que queremos fazer. Importante é usar as características dos jogadores para cada confronto: para determinado jogo com características mais rápidas, para outros jogos com jogadores mais de posse.É nessas base que vamos fazendo estas opções. São estas coisas do plano estratégico da equipa que vão ditando a convocatória e não a qualidade deste ou daquele jogador. Há os que ainda não vieram, de que gosto ,mas com menos características face ao padrão da Seleção. Antes, jogávamos em 4x4x2, com mais médios, mas agora estamos a jogar de forma diferente. E isto é que dita as convocatórias.

Regresso do público: Desde há muito tempo que me manifesto sobre esta questão. É fundamental a presença do público nos estádios pelo ambiente, pelo apoio e por todas as circunstâncias. O futebol sem público é futebol na mesma e joga-se da mesma maneira. Pelo facto de não existir público as coisas vão ocorrendo de forma diferente. Há um meses percebia-se que nos primeiros jogos havia falta de habituação, mas depois fluiu com naturalidade. Sem público é sempre diferente. Na minha opinião, respeitando as regras de saúde pública, acho que o futebol deve ter público e espero e desejo que esta oportunidade que nos foi concedida possa ter reflexo nos jogos do campeonato.

Canoagem: Gostava de dar os parabéns ao Fernando Pimenta e à Joana Vasconcelos pelas medalhas de ouro.

Convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício, Anthony Lopes e Rui Silva.

Defesas: João Cancelo, Nélson Semedo, José Fonte, Pepe, Rúben Dias, Rúben Semedo, Mário Rui e Raphael Guerreiro.

Médios: Danilo, Rúben Neves, William, Bruno Fernandes, João Moutinho, Renato Sanches e Sergio Oliveira.

Avançados: Podence, Rafa Silva, André Silva, Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo, Diogo Jota, João Félix e Trincão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório