Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Dragão ensaiou 45 minutos antes de golear: As notas do Boavista-FC Porto

Boavista e FC Porto mediram este sábado forças no eterno dérbi da Invicta com a vitória final, depois de 45 minutos mornos, a sorrir aos dragões que acabaram a golear.

Dragão ensaiou 45 minutos antes de golear: As notas do Boavista-FC Porto

Após uma primeira jornada onde bateu a sua 'besta negra' do ano passado no estádio do Dragão, o FC Porto viajou este sábado até ao estádio do Bessa para um sempre 'quentinho' dérbi da Cidade Invicta.

Sem público nas bancadas, a primeira parte foi morna, com um lance de Uribe, que atirou ao poste, a ser o grande lance de um primeiro tempo que foi uma espécie de ensaio para o segundo.

No lançamento da partida, Sérgio Conceição tinha revelado que, pelas muitas mudanças no plantel do seu adversário, poderia haver algum fator de surpresa, mas depois de 45 minutos de 'ensaio', os dragões acabaram a golear.

Primeiro com a vertigem de Corona, os dragões inauguraram o marcador, depois ampliaram-no com um lance de felicidade de Sérgio Oliveira, que de livre direto viu a bola resvalar na baliza antes de bater Léo Jardim.

Depois seria a vez de Marega. Tendo ficado em branco na primeira jornada, o maliano vingou-se frente às panteras negras, carimbando um bis e vendo ainda Luís Díaz sair do banco para ampliar o marcador para 5 e o fechar. 

Com uma goleada de mão cheia, com 45 minutos de muita 'potência' e criatividade, os azuis e brancos voltam a voar para liderança da tabela classificativa, a par de Benfica e Santa Clara.

Mas vamos às notas do jogo:

Figura: Marega. Um bis é um bis e marcar dois golos em apenas 45 minutos de jogo é sempre de louvar. Ainda que o marcador tenha sido aberto por Corona, foi o maliano que desbloqueou por completo o resultado, dando a tranquilidade que a equipa precisava e afirmando-se novamente como goleador de serviço dos azuis e brancos.

Surpresa: Sérgio Oliveira. Sejamos sinceros. O médio portista foi durante largas partes do campeonato passado uma espécie de segunda opção, terminou a temporada a ser determinante e volta a mostrar-se na plenitude das suas capacidades neste reinício de campeonato. Assistiu, marcou e liderou um meio-campo de trabalho que se mostrou sempre à altura do seu adversário.

Desilusão: Adil Rami. O francês chega ao Bessa com o título de campeão no currículo, mas apesar da muita experiência que acrescenta à sua equipa e ao campeonato, andou aos papéis no início da partida. Perdendo bolas, fazendo passes errados, o central boavisteiro foi uma das unidades em sub-rendimento. Angel Gomes, que tinha feito três assistências, também ficou bem 'tapado', mas Rami terá sido uma das unidades que mais 'tremeu' em todo o jogo.

Treinadores:

Vasco Seabra: Prometeu um Boavista a lutar pelos três pontos e a tentar explorar o desconhecimento do adversário face à sua forma de jogar. Porém, o que pareceu faltar foi algum entrosamento à equipa axadrezada. A mudar o seu sistema de jogo para um sistema de maior apoio na construção, o técnico da equipa do Bessa não soube 'reconhecer o seu lugar'. Teimou em não ter um (grande) plano B e acabou por ser goleado em casa e por uma mão cheia. 

Sérgio Conceição: Tem nas mãos um 'Ferrari' que já bem conhece e já não se perde nas curvas quando o carro quer fugir. Optou pela estabilidade frente a um adversário com capacidade para 'surpreender' e pareceu mexer ao intervalo para mudar as suas 'dinâmicas'. Percebeu que o meio-campo, como sempre, era peça-chave que precisava de 'nuances' e deu-as à equipa. Sempre que mexeu foi feliz e terminou o encontro a dar minutos a alguns jogadores menos rodados.

Árbitro: Terminar uma partida entre duas das equipas que tradicionalmente mais impetuosidade dão ao seu jogo com apenas um cartão amarelo é um 'feito'. Porém, Luís Godinho mostrou-se sempre à altura dos acontecimentos. Sem grandes casos polémicos, manteve o jogo sereno intervindo estritamente quando era necessário e fazendo os avisos de forma certeira. Nota positiva para o juiz do dérbi quente da jornada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório