Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

"Duvido que alguma equipa do mundo tenha esta qualidade do Seixal"

Treinador do Benfica revela que apenas Luís Filipe Vieira o conseguiria tirar do Brasil.

"Duvido que alguma equipa do mundo tenha esta qualidade do Seixal"

Jorge Jesus confessou, esta quarta-feira, que ficou muito surpreendido com as condições de trabalho que encontrou no regresso ao Benfica esta temporada, e sublinhou mesmo que duvida  "que alguma equipa do mundo tenha a qualidade" apresentada pelo Benfica Campus no Seixal.

"Cheguei ao Benfica e o clube era uma coisa, quando sai já era outra coisa e continuou a ganhar, com a mudança de hegemonia no futebol português. E agora querem recuperar o que perderam para o FC Porto. O Benfica, hoje, as condições de trabalho no Seixal e no Estádio da Luz, é único. Duvido que alguma equipa do Mundo tenha aquela qualidade. Há alguns jogadores que nem devem pensar que vão jogar, que estão num hotel", afirmou o técnico em entrevista no novo programa de Cristina Ferreira na TVI.

Sobre os motivos que o levaram a regressar a Portugal e ao Benfica, Jorge Jesus destacou o papel de Luís Filipe Vieira no processo.

"Primeiro motivo, a pandemia; segundo, o projeto que o presidente do Benfica me apresentou. Trabalhei seis anos com ele, é o presidente que melhor me conhece e o presidente que melhor conheço. Apresentou-me projeto vencedor, de dimensão elevada. Achava que ficaria mais um ano no Brasil e só ele é que podia convencer-me", atirou.

Ainda assim, o treinador português destacou que a sua mudança para o Sporting em 2015 afetou a relação de amizade que mantinha com o líder do clube da Luz.

"Primeiros seis meses foram complicados, porque como é óbvio eu defendia os interesses do Sporting e ele os do Benfica. Chateamo-nos, mas a amizade era maior do que aquela decisão e claro que fizemos as pazes. Não tive muita noção do que podia acontecer. Mudei porque sou um treinador e nunca me senti um treinador de um só clube. Quando mudei, só depois comecei a perceber daquilo que as pessoas sentiram na altura. Achei que era o momento de mudar, tal como aconteceu agora do Flamengo para o Benfica", explicou Jorge Jesus.

O técnico explicou ainda que não sente o peso dos 66 anos de idade e sublinha que mantém uma imensa vontade de continuar a ganhar títulos.

"Quando tens amor e paixão pelo que fazes não codificas a tua idade. Tenho tanta vontade de vencer hoje como quando comecei a carreira. Adoro o que faço. Quando adoras o que fazes, o teu prazer é sempre maior do que qualquer problema que possas ter, que te possa desmotivar. Gosto de treinar, todos os dias. Depois de os jogadores acabarem o treino faço o meu treino. Com a minha equipa técnica, tenho alguns que gostam de correr, como o Tiago e o João de Deus. É muito importante para mim, preciso que a minha adrenalina saia. Na véspera dos jogos tenho de correr para no jogo a adrenalina estar mais baixa", vincou Jorge Jesus, antes de falar sobre a relação que mantém com os jogadores.

"Não sou treinador muito paizão, não sou. Nem gosto que os jogadores não me tratem assim. Não que os jogaores digam 'este treinador é um paizão'. Não sou. Sou treinador. Tenho uma forma de trabalhar e exigência que muitas vezes... Tenho uma forma de comunicar que se percebe perfeitamente. Quando exigo é porque quero o melhor deles. O meu maior orgulho é quando vejo os meus jogadores, que passarem por mim, dizerem este é diferente, não tem nada a ver com os outros. Tenho uma forma de trabalhar diferente", referiu.

Questionado sobre o que lhe falta ganhar na carreira, Jorge Jesus sublinhou que espera que o projeto atual do Benfica lhe permita "chegar a finais europeias, que honrem a história do clube".

"Falta-me ganhar uma Champions, falta-me ser campeão do Mundo. Com o Flamengo foi por pouco, perdemos a final com o Liverpool. Nunca mais esquecerei o Brasil. E não posso dizer, hoje, que vou acabar a carreira em Portugal. Se ainda vou para o estrangeiro outra vez? É a minha vida, a minha carreira, nunca se sabe", concluiu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório