Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2020
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Alex Telles, foi para a despedida? As notas do FC Porto-Sp. Braga

Lateral brasileiro esteve presente nos três golos dos dragões frente aos arsenalistas. FC Porto entrou com o pé direito na I Liga com uma vitória sobre o Sp. Braga por 3-1.

Alex Telles, foi para a despedida? As notas do FC Porto-Sp. Braga

A dúvida se Alex Telles sai ou não do FC Porto continua no ar. O lateral brasileiro tem sido associado ao Manchester United e a conclusão do negócio pode estar iminente. No entanto, se esta vitória sobre o Sp. Braga foi o último jogo de Telles, não poderia haver melhor despedida.

O FC Porto venceu a equipa minhota, este sábado à noite, por 3-1, na jornada inaugural da I Liga. Num jogo de grande intensidade e muito disputado, os arsenalistas começaram melhor e contrariam uma melhor entrada em campo dos dragões.

Castro, aos 21 minutos, deu vantagem aos comandados de Carlos Carvalhal e nem sequer festejou. O médio formado no FC Porto respeitou a sua antiga equipa e não quis celebrar aquele que foi o seu primeiro golo no estádio do Dragão... com outras cores.

No entanto, o FC Porto puxou dos galões - e contou com a ajuda de Raúl Silva - para, em três minutos, carimbar a reviravolta no marcador. Alex Telles assistiu Sérgio Oliveira para o 1-1 aos 45+1' e aos 45+4' o mesmo Telles, depois da grande penalidade cometida pelo central bracarense sobre Marega, fez o 2-1 da marca dos 11 metros.

Não se pode dizer que o Sp. Braga não correu atrás do resultado, mas nem sempre o fez da melhor forma. Há ainda algum trabalho por parte de Carvalhal, que esbarrou sempre na estratégia bem preparada de Sérgio Conceição, que beneficiou das dinâmicas mantidas desde a temporada passada. 

Os minhotos não conseguiram inverter o rumo dos acontecimentos e Alex Telles fechou a partida com chave de ouro. Novo penálti, desta feita cometida por Tormena sobre Taremi, e o brasileiro bisou para selar o resultado final. Nota ainda para as estreias do avançado iraniano e de Zaidu pelo FC Porto.

Figura do jogo: Começou até algo desconcentrado com vários passes falhados, mas rapidamente fez aquilo que melhor sabe: Jogar bem e ser fundamental. Alex Telles foi decisivo na vitória dos dragões ao estar ligado aos três golos da equipa. Além disso tornou-se no defesa com mais golos na história do FC Porto. Com este bis, o brasileiro chegou aos 26 tentos. Se esta foi a sua despedida? Ninguém sabe... mas a confirmar-se, é um adeus com chave de ouro.

Surpresa: Castro estreou-se com a titularidade, estreou-se com um golo e estreou-se a marcar no Dragão. Ele que foi formado no FC Porto. O médio português regressou ao nosso campeonato e, apesar da derrota, fez uma boa exibição, segura e coroada com um golo após um remate potente bem à sua imagem.

Desilusão: Esperava-se mais de Ricardo Horta. O camisola 21 do Sp. Braga é uma das figuras da equipa minhota, mas na passada noite esteve visivelmente desinspirado. Não conseguiu desequilibrar como bem sabe e mesmo na hora de finalizar desperdiçou a melhor oportunidade do jogo.

Sérgio Conceição: O técnico do FC Porto não quis mudar. Não quis e obteve os seus frutos. As dinâmicas foram as mesmas da temporada passada e, apesar de alguma cautela - apostou em Danilo, Uribe e Sérgio Oliveira no meio-campo -, provou-se que a fórmula de 2019/20 continua a ser eficaz nesta nova temporada.

Carlos Carvalhal: Apresentou a sua equipa num claro 3x4x3. Não pode dizer-se que o Sp. Braga jogou de forma brilhante, longe disso, mas também não esteve no outro extremo. Depois do que fez no Rio Ave é preciso dar tempo a Carvalhal para que no Sp. Braga possa desenvolver o mesmo tipo de trabalho. Os minhotos têm qualidade para jogar um futebol de posse, com várias táticas assumidas e com uma identidade própria. É certo que há vários erros a serem corrigidos, mas é também certo que este Sp. Braga pode ser uma das equipas mais fortes deste campeonato.

Árbitro, João Pinheiro: Não foi um jogo fácil para João Pinheiro. Duas grandes penalidades, dois golos anulados, uma expulsão, ainda que no banco de suplentes... Contudo, o árbitro deste encontro tomou sempre a decisão correta nos lances mais complicados do encontro. Nota positiva para João Pinheiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório