Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2022
Tempo
25º
MIN 12º MÁX 27º

Belenenses SAD terá escondido salários ao Fisco e à Segurança Social

SAD liderada por Rui Pedro Soares terá efetuado pagamentos salariais aos seus funcionários sem os declarar ao Fisco e à Segurança Social. Liga ignorou a situação e validou inscrição nas provas profissionais.

Belenenses SAD terá escondido salários ao Fisco e à Segurança Social
Notícias ao Minuto

10:20 - 26/08/20 por Notícias Ao Minuto

Desporto Justiça

O Belenenses SAD poderá ter cometido um crime de fraude fiscal nas últimas temporadas. Segundo as informações prestadas, esta quarta-feira, pelo jornal Público, o clube terá tentado fugir ao Fisco e à Segurança Social, ao efetuar pagamentos salariais aos funcionários sem os processar e emitir os respetivos recibos de vencimento.

O mesmo jornal adianta que durante anos a SAD do Belenenses, liderada por Rui Pedro Soares, incorreu nesta prática e que só na época 2018/2019 terá pago cerca de um milhão de euros sem os processar e sem emitir os respectivos recibos. Nesse sentido, o clube não terá pago, na devida altura os impostos ao Estado, e isso pode constituir, como já se referiu, um crime de fraude fiscal.

Rui Pedro Soares confirmou à referida publicação a existência desta prática, mas sublinhou que são "alguns adiantamentos feitos a jogadores.

"Os ordenados não processados têm que ver com alguns adiantamentos feitos a jogadores. Têm que ver com situações anteriores à nossa gestão e têm que ver com uma interpretação diferente que a administração da SAD tem em relação à opinião dos ROC [Revisores Oficiais de Contas] em relação ao pagamento a jogadores que não são residentes em território nacional. Do nosso ponto de vista não há lugar ao pagamento de qualquer imposto relacionado com estes vencimentos", afirmou ao Público Rui Pedro Soares, presidente da SAD.

Esta suposta fuga às Finanças e à Segurança Social foi denunciada pelos auditores no relatório de contas da SAD do clube lisboeta. "Em 30 de junho de 2019 [último relatório e contas], a rubrica ‘Remunerações a Pessoal’ diz respeito a pagamentos efetuados a funcionários [998.810,12 euros], cujo processamento salarial não foi realizado”, pode ler-se no anexo às demonstrações financeiras citado pelo mesmo jornal.

Ainda assim, esta situação exposta pelos auditores no documento de certificação legal das contas foi ignorada pela Liga Portugal já que quer o Fisco quer a Segurança Social emitiram certidões de inexistência de dívida, o que permite ao clube ter uma licença para participar nas competições profissionais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório