Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2020
Tempo
MIN 5º MÁX 13º

Edição

Taça Libertadores já tem calendário para encerrar a fase de grupos

A Confederação sul-Americana de futebol (CONMEBOL) revelou hoje o calendário da Taça Libertadores, que está na fase de grupos com quatro jornadas para disputar e regressa em 15 de setembro.

Taça Libertadores já tem calendário para encerrar a fase de grupos
Notícias ao Minuto

19:50 - 20/07/20 por Lusa

Desporto Libertadores

O Flamengo, detentor do título, acabou de perder o treinador Jorge Jesus, que regressa ao Benfica, pelo que o único treinador português na competição é Jesualdo Ferreira, aos comandos dos também brasileiros do Santos.

Em 15 de setembro, o Santos recebe o Olímpia, do Paraguai, em 24, visita o Delfin, do Equador, a 01 de outubro reencontra o Olímpia, no Brasil, e termina a fase de grupos no dia 20, no seu reduto ante os argentinos do Defensa y Justicia.

O Santos está isolado no comando do Grupo G, com duas vitórias em dois jogos, o mesmo que tinha conseguiu o Flamengo na 'poule A', com os mesmos pontos do Independiente del Vale, do Equador, que o ano passado venceu a Taça sul-americana.

A CONMEBOL, que também garantiu o regresso da Taça Sul-americana no final de outubro, já tinha anunciado que os oitavos de final da Libertadores se vão disputar entre 25 de novembro e 02 de dezembro, os quartos de final entre 09 e 16 de dezembro e as meias-finais entre 06 e 13 de janeiro de 2021, não havendo ainda data prevista para a final.

A final da Libertadores deve disputar-se no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, e a da Taça Sul-americana no estádio Mario Alberto Kempes de Córdoba, na Argentina.

Quanto suspendeu a competição, em março, a CONMEBOL esperava regressar em maio, contudo a situação no continente americano não o propiciou.

Brasil, Equador e Chile são os países que mais preocupações provocam quanto ao novo coronvarius em termos de infetados e mortos, contudo Argentina e Peru também começam a destacar-se, pelos piores motivos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 606 mil mortos e infetou mais de 14,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório