Meteorologia

  • 07 AGOSTO 2020
Tempo
31º
MIN 19º MÁX 33º

Edição

Zé Luís? "São coisas que acontecem. Temos o exemplo do RDT"

Foi sensação no início de época, mas a verdade é que o avançado cabo-verdiano está sem marcar há 411 minutos.

Zé Luís? "São coisas que acontecem. Temos o exemplo do RDT"

Moussa Marega e Tiquinho Soares são, neste momento, os homens mais utilizados por Sérgio Conceição no ataque do FC Porto. Zé Luís mereceu a titularidade frente ao Marítimo e diante do Aves, mas a verdade é que em nenhum dos dois o avançado cabo-verdiano conseguiu fazer o golo.

O atacante de 29 anos está a enfrentar uma seca de golos, e há 411 minutos que não consegue fazer balançar as redes adversárias. Quem bem o conhece garante que é apenas um momento natural e que Zé Luís é um jogador que não vira a cara à luta.

Rui Quinta, que, em 2009/10, deu os primeiros minutos como sénior ao agora avançado do FC Porto, acredita que Zé Luís vai rapidamente dar a volta por cima a esta situação.

"O Zé Luís tem estado também com algumas lesões que lhe têm tirado regularidade. O que vejo é que isto é um momento, como é natural nos avançados. É um momento que acaba por definir o carácter dos jogadores. Há aqueles que não se entregam e há outros que continuam a batalhar e focados no desempenho, como ele. Tem qualidade e, quando assim é, os golos voltam a aparecer com naturalidade. Tem de aproveitar todas as oportunidades neste nível a que o FC Porto compete. A competitividade interna é muito elevada" começou por dizer o técnico, em declarações exclusivas ao Desporto ao Minuto.

Rui Quinta acredita que Zé Luís não é inferior a Marega nem a Soares, e até deu o exemplo de Raul de Tomas, ex-avançado do Benfica, para explicar o momento agora vivido pelo cabo-verdiano

"O Zé Luís até já esteve um passo à frente. No início, jogava com mais regularidade e marcou golos. Agora, durante a época, há muitas oscilações e coisas que fazem o treinador escolher este em detrimento daquele, são coisas que não sabemos. Conheço o Zé, na altura era um jovem, mas entretanto dimensionou-se. Já jogou em vários contextos competitivos e era um miúdo com uma paixão muito grande pelo jogo. Melhorou no sentido de conhecer o jogo, os momentos de apoiar, de equilibrar, de levar a bola. Volto a dizer, na vida de um avançado são coisas que acontecem. Temos o exemplo do RDT, que esteve não sei quanto tempo sem marcar, de repente mudou de contexto, e marcou logo em vários jogos seguidos", acrescentou o atual técnico do Lusitânia de Lourosa, que foi adjunto no FC Porto entre 2011 e 2013.

Contudo, apesar desta 'seca' de golos que Zé Luís atravessa há um dado que importa realçar. É que, contabilizando os minutos somados em 2019/20 e os tentos apontados de dragão ao peito, percebemos que o avançado portista marca a cada... 170 minutos.  

Um dado que, por exemplo supera o registo de Moussa Marega (259 minutos por golo) e que fica muito perto do de Soares (158). Por isso, talvez, Rui Quinta deixe um conselho ao seu antigo pupilo e um reparo em relação ao início de época.

"A concorrência é elevada e o Zé Luís tem de aproveitar cada minutinho que lhe é dado, mas, para se estar na frente do campeonato, há muita coisa que está para trás e o Zé Luís participou nessa ‘história’. Basta ver o jogo que ele fez na Luz", finalizou.

Números de Zé Luís em 2019/20

Jogos Golos Assistências Minutos Minutos por golo
30 10 2 1700 170

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório