Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

"Quando cheguei ao Benfica percebi que não era assim tão bom"

Martin Pringle representou o clube da Luz entre 1996 e 1998.

"Quando cheguei ao Benfica percebi que não era assim tão bom"

Esteve no Benfica entre 1996 e 1998. Martin Pringle mostrou-se muito agradecido por ter representado o clube da Luz porque, na opinião do próprio, esse foi um passo que o fez crescer muito como futebolista.

"Desde o início, tudo me fez pensar que eu era realmente bom a jogar futebol mas quando cheguei ao Benfica percebi que não era realmente assim tão bom", assumiu o ex-jogador, que tinha sido contratado pelo Benfica ao Stenungsunds IF, da Suécia.

Aos 49 anos, e em entrevista ao 'Aftonbladet', Pringle explicou o que sentiu na sua chegada à Luz.

"Para os padrões suecos, eu era um jogador tecnicamente bom mas quando cheguei não conseguia dar dois toques nem com a bola amarrada ao pé com um cordão. Havia uma grande diferença entre mim e eles. Dei conta de quão bons são os jogadores de topo, estava muito longe. Por um lado foi doloroso, por outro foi mágico. Só posso agradecer o tempo que passei no Benfica porque isso deu-me a hipótese de jogar em Inglaterra. Tornei-me um jogador com muito mais valências em Portugal", acrescentou o agora treinador de futebol.

Recorde-se que depois dos dois anos de águia ao peito, Pringle rumou a Inglaterra para representar o Charlton.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório