Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

I Liga - Os melhores tentos apontados na última jornada

Mais vídeos

Maracanã transforma-se em hospital de campanha no Rio de Janeiro

O governo estadual espera que a instalação esteja pronta para receber doentes dentro de duas semanas.

Maracanã transforma-se em hospital de campanha no Rio de Janeiro
Notícias ao Minuto

14:36 - 26/03/20 por Lusa

Desporto Covid-19

O estádio do Maracanã vai transformar-se num hospital de campanha para tratar doentes infetados com o novo coronavírus, informou hoje o governador do estado brasileiro do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

O governo estadual espera que a instalação esteja pronta para receber doentes dentro de duas semanas, período em que se espera um aumento do número de infetados no país com o novo coronavírus.

Atualmente os números no Brasil situam-se nos 2.497 casos ativos de infetados e 60 mortos.

Com capacidade para 78.000 pessoas, o Estádio do Maracanã é um símbolo da história do futebol mundial, habitual casa do Flamengo, e sede da final do Mundial de 2014 e da abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos do Rio2016.

Foi também sede do Mundial de 1950, palco do célebre 'maracanaço', quando na final o Uruguai deu a volta ao marcador (2-1) e conquistou o título mundial em pleno Maracanã.

Outros estádios no Brasil, como o Pacaembu, em São Paulo, abriram portas aos doentes com a Covid-19, mas de baixa gravidade, enquanto os casos mais graves são reencaminhados para as unidades de cuidados intensivos no sistema de saúde.

O Corinthians, São Paulo e Santos também ofereceram as suas instalações à rede médica, e em Belém, o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, serve de albergue temporário para os sem-abrigo, como medida que visa mitigar, junto dos mais vulneráveis, o contágio.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 480 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 22.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com quase 260.000 infetados, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 7.503 mortos em 74.386 casos registados até quarta-feira.

Em Portugal, registaram-se 60 mortes e 3.544 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que identificou 549 novos casos em relação a quarta-feira.

Dos infetados, 191 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram. Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório