Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Uma pincelada para salvar o quadro: As notas do Boavista-FC Porto

Golo de Alex Telles valeu três pontos num dérbi onde futebol houve pouco... e 'porrada' houve muita.

Uma pincelada para salvar o quadro: As notas do Boavista-FC Porto

Pouco futebol, muita 'pancada'. É esta a mais breve forma de descrever aquilo que se passou no dérbi da Invicta, da qual o FC Porto saiu vencedor, graças a um momento de brilhantismo individual com a assinatura de Alex Telles.

E não haverá, de resto, forma também ela mais breve de ilustrar a 'pobreza' que ocorreu dentro das quatro linhas, do que o facto de, ao longo de 90 minutos, se terem registado apenas... dois remates enquadrados.

O primeiro de todos foi logo aos nove minutos de jogo, quando Alex Telles, com um potente remate de fora da grande área, bateu Bracali e assinou aquele que foi o único golo da noite.

Para encontrar o segundo, é preciso avançar, precisamente, 65 minutos na 'cassete', quando Nikola Stojiljkovic, de longe, atirou fraco, para uma defesa simples de Diogo Costa. Pouco mais houve de interesse além disso.

À falta de melhores palavras, este foi um jogo feio, mas importante para curar as feridas de um dragão que viveu uma semana para esquecer, com o complicar das contas na Liga Europa e com a 'bronca' que culminou com o afastamento de Agustín Marchesín, Renzo Saravia, Matheus Uribe e Luis Díaz.

O FC Porto termina, assim, a 11.ª jornada tal como a começou: no segundo lugar, a dois pontos do líder, o Benfica, que na véspera foi aos Açores bater o Santa Clara, por 2-1. Já o Boavista, que há pouco mais de uma semana não tinha qualquer derrota, perde pela segunda vez consecutiva e é sétimo classificado.

Figura do jogo

Não há como escapar. Alex Telles foi a estrela que mais brilhou num céu repleto de nuvens bem carregadas. Além do (grande) golo que selou o triunfo azul e branco, foi importante, quer a defender, quer a atacar. Tudo isto apesar das evidentes dificuldades físicas que foi sentindo ao longo dos 90 minutos.

Surpresa

Sérgio Conceição surpreendeu ao escolher Fábio Silva para fazer dupla com Moussa Marega na frente de ataque, em detrimento de Vincent Aboubakar, Zé Luís e Tiquinho Soares. E o jovem avançado fez de tudo para justificar a aposta. Embora os companheiros de equipa procurassem, sobretudo, a velocidade do maliano, o português batalhou e conquistou uma série de faltas em posições perigosas, duas delas que resultaram em cartões amarelos para jogadores do Boavista.

Desilusão

Heriberto Tavares foi o jogador mais procurado pelo Boavista para acelerar o ataque, mas o avançado emprestado pelo Benfica ficou aquém do esperado. Logo aos cinco minutos, protagonizou um lance polémico com Chancel Mbemba na grande área do FC Porto, mas daí em diante somou decisões erradas, invariavelmente ao apostar (sem sucesso) nos duelos individuais.

Treinadores

Lito Vidigal: Após sofrer a primeira derrota da época para a I Liga, perante o Vitória de Setúbal, o treinador do Boavista focou-se, acima de tudo, em não perder na receção ao FC Porto. Os níveis de agressividade dos axadrezados roçaram sempre o limite da lei, e os blocos estiveram bem juntos, mas pouco se viu desta equipa para que justificasse outro tipo de resultado.

Sérgio Conceição: Mais uma exibição muito pobre do FC Porto. O técnico preparou-se para o 'combate' do Bessa com um meio-campo formado por Danilo Pereira e Mamadou Loum, e isso refletiu-se na falta de criatividade dos dragões, que se limitaram a procurar a velocidade de Marega ou a bombear bolas para a grande área. Valeu a 'bomba' de Alex Telles, que lá animou a noite.

Árbitro

Os dérbis da Invicta são, por tradição, de dureza máxima, e Nuno Almeida acertou ao apostar num critério de extrema largura. Só na primeira parte, o juiz podia ter mostrado uma mão cheia de cartões amarelos, mas optou por fazê-lo apenas uma vez, a Iván Marcano. Caso tivesse optado por outra estratégia, o Boavista-FC Porto dificilmente teria acabado com 22 jogadores em campo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório