Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

"Belenenses SAD? Quando pensam que me conhecem, apareço com coisas novas"

Jorge Silas garante que a equipa do Sporting está preparada para jogar em vários sistemas.

"Belenenses SAD? Quando pensam que me conhecem, apareço com coisas novas"
Notícias ao Minuto

13:34 - 09/11/19 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Jorge Silas

Jorge Silas manteve, este sábado, o 'suspense' quanto ao esquema de jogo que irá utilizar na receção ao Belenenses SAD. Em conferência de imprensa, o treinador do Sporting disse conhecer "muito bem" o adversário... e prometeu surpreender.

Belenenses SAD: As expetativas são altas. Vão estar duas equipas em campo com potencial. Conheço-os muito bem. A maior parte dos jogadores fomos nós que treinámos. Arrisco-me a dizer que já treinámos todos os onzes que vão jogar. Eles também nos conhecem bem. Estou à espera de um jogo aberto. Do que tenho visto, é uma equipa que tenta pressionar alto, dar um ritmo elevado, e nós também o vamos fazer, porque somos o Sporting, jogamos em casa e queremos ganhar.

Frederico Varandas diz que Sporting não tem recursos: Temos oito jogos até à abertura do mercado, temos é que nos preocupar com isso. Estamos aqui há cinco ou seis semanas. A nossa preocupação tem sido conhecer o plantel e perceber o que podemos melhorar. O pior inimigo de uma equipa de futebol é a falta de competitividade interna. O nosso trabalho é aumentar essa competitividade. Não estamos a falar de reforços. Como é que isso se faz? Preparando todos para que, quando tivermos semanas como esta, com lesões, todos poderem jogar. Entendo que haja opções minha que nem toda a gente entenda, mas sou eu que tenho que as tomar. Eu sou o treinador e o meu objetivo é aumentar a competitividade interna, e vou aumentar, que sou muito teimoso. Nunca desisto de nenhum jogador. Esqueço o mercado completamente. Sou demasiado teimoso para vacilar ou desistir de algum jogador. A competitividade interna vem muito antes das vitórias.

Esquema de três centrais: A equipa está muito melhor animicamente. Tivemos algum desgaste, mas temos outros jogadores que tentámos preparar a pensar nisso. Provavelmente vai haver alterações novamente. Não disso que seja irrelevante, mas há coisas muito mais importantes numa equipa do que o sistema. Há coisas que têm que acontecer em todos os sistemas, e isso é que me importa. Mudamos sempre para poder atacar melhor. Os jogadores, com 2-0, inconscientemente começaram a defender mais e cometeram erros que não podemos cometer em nenhum sistema. Vamos usar muitas vezes a linha de três, mas não se admirem de que, de um jogo para o outro apareçamos com um losango ou em 4x3x3. O nosso trabalho é surpreender o adversário.

Preparado para perder Bruno Fernandes: Não gosto de sofrer por antecipação. Se um dia tiver que perder algum jogador, terei que procurar soluções. Só penso em como preparar todos os jogadores. Claro que, provavelmente, muitos não conseguirão fazer o que o Bruno faz. Estamos a falar de um dos melhores, se não o melhor, jogador da Liga portuguesa. Temos que estar preparados para isso, ninguém está livre de uma lesão.

Quem parte em vantagem: Ninguém leva vantagem. Eu acho que tenho vantagem porque preparei o jogo a pensar muito na equipa deles, conheço muito bem a equipa deles. Eles acharão que têm vantagem porque me conhecem bem. Tento ser o mais imprevisível possível. Quando pensam que me conhecem, apareço com outras coisas...

Jesé, Mathieu e Acuña: O Jérémy não está mesmo. O Marcos estava, mas achei que ainda não estava totalmente recuperado. O Jesé já pode vir a participar. Quem não está é por lesão ou por estar a vir de lesão.

Importante consolidar um sistema: Quem disse que não passaremos a jogar sempre numa linha de três? Nunca se sabe... Quantos sistemas usámos no último jogo? Foi sempre com a linha de três, que nos permite jogar de forma diferente. Dá-nos estabilidade para sermos muito imprevisíveis na frente. Todos os sistemas precisam de ser afinados. Vamos precisar de toda a gente até final da temporada. Não concordo com a ideia de preparar um só sistema. Melhor é preparar as coisas que acontecem em todos os sistemas.

Equipa preparada para jogar em sistemas diferentes: Eles estão preparados. Venceram o jogo da Liga Europa e não foi contra uma equipa qualquer, foi em casa do Rosenborg e deram uma boa resposta. Quem joga no Sporting tem que estar preparados para isso. Os únicos que não podem ser surpreendidos são eles.

Falta de opções no ataque: Temos o Luiz Phellype, o Pedro Mendes, mas optámos por este sistema sobretudo pelos buracos que encontrámos na estrutura do Rosenborg. Não foi por não ter um 9. Até podemos jogar com uma linha de frente e com o Luiz... Isso não impede jogar com um 9. Depende muito do que achamos que é o momento do jogador.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório