Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

"Não dou lições de sportinguismo a nenhum adepto do Sporting"

Leões situam-se, neste momento, na segunda posição do Grupo D, com três pontos.

"Não dou lições de sportinguismo a nenhum adepto do Sporting"
Notícias ao Minuto

18:22 - 23/10/19 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Emanuel Ferro

Sporting e Rosenborg defrontam-se, nesta quinta-feira, a partir das 20 horas, num duelo relativo à 3.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa. 

Recorde-se que os leões ocupam o segundo lugar do Grupo D, com três pontos, os mesmos que o Lask Linz da Áustria, já os noruegueses continuam sem pontuar. O líder, PSV, comanda o grupo com seis pontos, resultado de duas vitórias em outros tantos jogos.

Emanuel Ferro, treinador adjunto de Silas, fez a antevisão ao duelo com o Rosenborg, juntamente com Yannick Bolasie, a partir das 18 horas, no Estádio de Alvalade.

Confira abaixo as declarações de ambos:

Emanuel Ferro: 

Forma de ultrapassar o Rosenborg: Temos de desenvolver o nosso jogo e pensar na nova filosofia que estamos a implementar. Jogos da Liga Europa são sempre competitivos e vamos defrontar uma equipa que conhecemos bem. E temos de tentar ser superiores nos vários setores do jogo ao nosso adversário.

Alterações para o jogo do Rosenborg: Nunca serão muitas alterações, até porque as alterações que vão existir não significa que representem uma mudança de ideias. Este grupo está empenhado em trabalhar o mais possível e fazer as coisas bem. 

Divergência entre claques e clube. Teme falta de apoio? Amanhã os jogadores vão apenas se preocupar em jogar o melhor possível e ganhar o jogo, como fazem nos outros encontros. Nós queremos motivar os adeptos e mobiliza-los, desejando claro um forte apoio em Alvalade.

Clima de tensão em Alvalade: A nossa preocupação com os adeptos resume-se apenas em incentiva-los e nós queremos faze-lo. Nós não desprezamos o apoio dos adeptos em casa. É só esse o nosso pensamento, nada mais. 

Alterações tácticas na equipa. Sistema preferencial? Aquilo que é a ideia de jogo está bem definida e os jogadores já agarram muito dessas ideias. Por vezes vamos alterar a táctica, consoante o jogo, mas isso não é fundamental. Há dinâmicas que mudam de forma estratégica, mas as matrizes permanecem iguais.

Não confunde os jogadores ao mudar várias vezes a táctica: Falamos de jogadores muito competentes que representam um grande clube e estão preparados para jogar em vários sistemas. Amanhã jogarão no melhor sistema para enfrentar este encontro.

Será contraproducente os adeptos estarem contra a equipa: Não dou lições de sportinguismo a nenhum adepto do Sporting. Uma relação de sintonia será muito mais benéfica, para adeptos e jogadores. Acredito que os adeptos estarão preparados para nos apoiar amanhã.

Maiores dificuldades deste Rosenborg: É uma equipa que não teve bons resultados nos primeiros dois encontros e quererá dar uma resposta diferente nesta partida. É uma equipa fisicamente forte, que aposta no jogo direto e intercala com o futebol de posse, mas que também tem várias fragilidades. Falamos de uma equipa com historial nas competições europeias e não podemos suestimar este adversário. Entraremos com várias cautelas para este encontro. 

Yannick Bolasie:

Preparação a nível físico e psicológico para este encontro: Sabemos que temos de construir um bom resultado, é a única forma de conseguimos ultrapassar o último jogo e mostrarmos que estamos bem. Não foi bom perdermos o último jogo, diante do Alverca. Perdemos créditos. Temos de seguir em frente e contamos com a ajuda dos nossos adeptos.

Erros detectados frente ao Alverca:  Cometemos vários erros e por isso as coisas ocorreram como ocorreram. Em Inglaterra também perdi vários jogos com equipas de escalões inferiores, esse tipo de coisas acontecem. Mas o que já foi, já foi e só pensamos no Rosenborg.

Integração de jovens na equipa principal: O Sporting sempre foi um clube que trouxe vários jovens da formação para a equipa principal e é um prazer trabalhar com eles , até porque tenho oportunidade de passar algumas coisas que aprendi para jogadores que ainda estão numa fase muito embrionária.

Como se vive no balneário o clima de tensão entre direção e claques: O Sporting é um enorme clube e não é aceitável perder um jogo com equipas de escalões inferiores, mas acredito que vamos dar a volta dentro de campo, dar uma resposta a 110% e jogar com outro tipo de confiança. Ninguém gosta de perder com equipas de escalões inferiores, mas isso aconteceu e já é passado.

Classificação do Rosenborg reflete o valor da equipa [zero pontos]: O mais importante é não subestimar nenhuma equipa. Eles estão na Liga Europa por algum motivo e tudo pode acontecer no futebol, por isso a concentração é obrigatória. 

 Que tipo de trabalho foi desenvolvido depois da derrota frente ao Alverca? Todos os treinadores têm ideias e filosofias diferentes e nós, jogadores, temos de nos adaptar a isso. Em termos tácticos temos de nos conseguir adaptar às ideias do nosso treinador. Nós temos de trabalhar defensiva e ofensivamente para sermos sempre melhores. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório