Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Conduzir com uma mão na F1? Leclerc acabou assim no seu Ferrari

Retrovisor do Ferrari do jovem monegasco estava em risco de voar.

Não foi uma corrida fácil para Charles Leclerc. No Grande Prémio do Japão, este domingo, o jovem piloto monegasco arrancou em segundo, mas um toque em Max Verstappen fê-lo cair para 20.º. 

Depois, o piloto da Ferrari desobedeceu às ordens da equipa e manteve-se em pista com o seu monolugar danificado. No final acabou por ser penalizado em 15 segundos pela FIA, tendo terminado assim no 7.º lugar.

Ainda assim, Leclerc fez uma corrida de trás para a frente com grande mestria e chegou a recuperar 14 lugares. Mas como os azares perduraram até final, o jovem piloto da Ferrari viu um dos seus retrovisores a abanar e em risco de voar e atingir outro piloto.

Resultado? Leclerc acabou a corrida com uma mão no volante e outra no retrovisor com medo que este se deslocasse do seu monolugar. Fique com as imagens, clicando no video acima.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório