Meteorologia

  • 25 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 24º

Edição

Sporting - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

Jamor: A 'vingança' do leão, o dragão 'ferido' e um Aves despromovido

Sporting e FC Porto disputam a final da Taça de Portugal, no Jamor, no próximo sábado, pelas 17h15.

Jamor: A 'vingança' do leão, o dragão 'ferido' e um Aves despromovido

Bruno Fernandes levantou as bancadas de Alvalade, com o golo que colocou o Sporting na final do Jamor, ao eliminar o Benfica. Os leões discutem a Prova Rainha com o FC Porto - que eliminou o Sp. Braga -, no próximo sábado.

Mas a história não começa aqui. Nem em Alvalade. Este é o segundo ano consecutivo que o Sporting marca presença no Estádio Nacional. No entanto, há um ano, a história era bem diferente. Ora recapitulemos. 

O princípio de um fim anunciado?

Tudo começou em Madrid. Estávamos em abril de 2018, quando a equipa de Jorge Jesus perdeu no Wanda Metropolitano, por 0-2. Dois erros de dois centrais que se revelaram... fatais.

Em Lisboa, na semana seguinte, Fredy Montero ainda tentou remediar, mas a vitória, por 1-0, sobre o Atlético Madrid não foi suficiente para passar às meias-finais da Liga Europa. 

O descontentamento acumulou-se, a pressão aumentou e, a partir daqui, tudo parecia correr mal. Na última jornada do campeonato nacional, a 13 de maio de 2018, os verde e brancos tropeçaram no Caldeirão e perderam com o Marítimo (1-2), falhando a possibilidade de disputar a 3.ª Pré-Eliminatória da Liga dos Campeões.

Os adeptos pediram satisfações aos jogadores, em pleno aeroporto do Funchal, e a história complicou-se... em Alcochete. Dois dias depois (15 de maio), um grupo de adeptos - cerca de 50 - invadiu a Academia para agredir os jogadores e o treinador. O dia terminou na esquadra. 

A semana pré-Jamor não se mostrou nada fácil para o Sporting. Jesus abdicou do treino de adaptação ao relvado e também das sessões de trabalho semanal. Os atletas precisavam de recuperar física e, sobretudo, psicologicamente.

Notícias ao Minuto[O Sporting perdeu no Wanda Metropolitano, por 0-2.]© Reuters

Do título inédito até à descida de divisão 

O contexto, delicado, levou a uma final da Prova Rainha muito particular. Os leões apresentaram-se em campo, com um ambiente dividido no Estádio Nacional, entre aplausos e assobios. O Desp. Aves soube aproveitar as oportunidades e saiu de Lisboa com uma conquista inédita, depois de uma vitória por 2-1. 

Um ano depois, o treinador vencedor da última edição da Taça de Portugal teve um final bem mais triste. O Chaves acabou a época despromovido à II Liga, depois de perder na casa do Tondela, por 5-2, no último fim de semana. A equipa de José Mota lutou até ao fim pela manutenção na I Liga, mas não conseguiu garantir o seu lugar.

Notícias ao Minuto[O Desp. Aves fez história ao conquistar a Taça de Portugal, edição 2017/18]© Global Imagens 

A vingança do leão ou um dragão ferido?

Ao contrário da última temporada, em que o FC Porto festejou o título de campeão, a formação orientada por Sérgio Conceição perdeu o campeonato para o Benfica, depois de ter estado grande parte da competição na primeira posição. Com menos dois pontos, ficou com o segundo lugar. 

Apenas com a Supertaça no bolso - campeonato para o Benfica e Taça da Liga para o Sporting -, os dragões querem 'compensar' os adeptos no Jamor e conquistar mais um troféu. Para além disso, há ainda a questão Casillas. O guarda-redes espanhol sofreu um enfarte do miocárdio, no início do mês, e está em recuperação. Mais um fator de motivação para o FC Porto. Ou seja, o dragão 'ferido' pretende fechar a época como começou: a festejar.

Porém, tem de enfrentar a 'vingança' do leão. Um Sporting que, durante a presente temporada, mudou de presidente - Frederico Varandas entrou para o lugar de Bruno de Carvalho -, de treinador - Marcel Keizer ocupou o cargo de José Peseiro -, recuperou alguns dos jogadores que perdeu - nove atletas rescindiram por justa causa depois das agressões em Alcochete - e, após de todas estas mudanças, terminou em terceiro lugar, com uma Taça da Liga.

Com uma equipa bem diferente e um contexto distinto do último ano, os leões querem voltar a sorrir no Jamor e sair do Estádio do Nacional com outro resultado e... com a taça. Querem 'vingar' a última vez edição e presentear os adeptos com um título para fechar a temporada. 

Mas, afinal, quem conquista o Jamor? O Leão ou o Dragão? Uma coisa é certa, o jogo não termina sem um vencedor.

A partida está agendada para o próximo sábado, pelas 17h15. Pode acompanhar em direto no Desporto ao Minuto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório