Meteorologia

  • 25 MAIO 2019
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 20º

Edição

I Liga - Os lances mais polémicos do principal escalão

Mais vídeos

Goleador improvável do Moura sonha com próxima época na... Primeira Liga

Miguel Abreu está cedido pelo Gil Vicente ao Moura, soma 11 golos e tem certa a presença, pelo menos, na pré-época do emblema de Barcelos.

Goleador improvável do Moura sonha com próxima época na... Primeira Liga
Notícias ao Minuto

07:37 - 19/04/19 por Fábio Aguiar 

Desporto Exclusivo

Na série D do Campeonato de Portugal há um jogador que tem estado em plano de destaque pela sua capacidade goleadora invulgar. Maioritariamente utilizado como central ou médio-defensivo, Miguel Abreu tem vestido a 'pele' de homem golo da equipa e em 30 jogos já festejou por... 11 vezes. Um número notável para um elemento que pauta o seu jogo pelas preocupações defensivas, mas que tem feito a diferença no ataque. 

"Esta época está a correr muito bem a nível individual. É um número um pouco fora do comum para a posição em que jogo, é certo, mas é algo que tenho procurado. Há duas temporadas, no Armacenenses, também fiz os mesmos jogos, mas só marquei seis golos. Por isso, esta é a minha melhor de sempre", começou por explicar o jogador, de 25 anos, à conversa com o Desporto ao Minuto, antes de revelar o principal segredo para esta inspiração.

"A confiança que tive foi determinante. O nascimento da minha filha deu-me mais força. Encarei sempre os treinos de forma séria para que ao domingo não desperdiçasse as poucas oportunidades que tivesse. Esse trabalho diário foi determinante", frisou.

Este elevado rendimento no terceiro escalão do futebol português faz sonhar Miguel Abreu com... a Primeira Liga. Depois de na temporada transata ter vestido a camisola do Gil Vicente, na Segunda Liga, o médio foi cedido ao Moura, mas o futuro passa mesmo pelo emblema de Barcelos, que em 2019/20 vai voltar ao convívio dos 'grandes'.

"Disseram-me que têm estado a acompanhar o meu trabalho e que vou fazer a pré-época. Depositaram confiança em mim e vou agarrar essa oportunidade. Às vezes é melhor darmos um passo atrás para depois nos fixarmos onde queremos. Quando vim para o Moura percebi certas coisas que lá em cima, nos escalões profissionais, não temos possibilidade de entender, pois é sempre a andar, o nível é muito alto e nós já temos que estar preparados. Esta época deu-me exatamente isso", admitiu, garantindo que agora se sente "mais jogador".

"Nós jogámos aqui com o Marítimo e eu até me senti mais solto, mais à vontade, pois as equipas nas divisões inferiores jogam muito fechadas, sempre em cima da bola. E esse jogo correu-me muito bem, tanto que no final alguns jogadores do Marítimo me deram os parabéns e disseram que tinha qualidade para estar noutro nível. Levei isso como um bom elogio e continuei a trabalhar", revelou. 

Notícias ao MinutoMiguel Abreu é o melhor marcador do Moura esta temporada, com 11 golos, em todas as provas.© Miguel Abreu

Primeira parte do sonho

Natural do Seixal, Miguel Abreu deu os primeiros passos no futebol na margem Sul, ao serviço do Paio Pires e do Arrentela. Seguiram-se o Amora, o Moura e o Armacenenses, antes de ser resgatado pelo Gil Vicente, em 2017. 

"Fiquei entusiasmado porque sempre sonhei ter um contrato profissional. Quando soube dessa possibilidade fiquei orgulhoso. O clube apoiou-me bastante, consegui fazer 20 jogos, o que é bom para um jogador que estava pela primeira vez no futebol profissional, e a minha família, juntamente com os meus empresários, o Nélio Cardoso e o Quim Ribeiro, transmitiram-me muita confiança e isso foi muito importante", recordou. 

Na altura, a mudança de realidade, de clube, de vida e de nível competitivo foi um obstáculo à adaptação do jogador e só o apoio dos companheiros facilitou essa resposta dentro de campo. "O Jumisse, que jogava na minha posição e que depois até fraturou o perónio, transmitiu-me sempre muita confiança, tal como o Reko, que agora está na Académica, e o Rui Sacramento, que joga agora no Cinfães. Foram muito importantes, mas todos foram fantásticos. No balneário éramos muito unidos e eu sempre me dei bem com toda a gente", concluiu o médio, que tem em Casemiro, do Real Madrid, a grande referência. 

Apesar do bom arranque, a vida complicou-se para Miguel Abreu com as mudanças constantes no comando técnico do Gil Vicente. "O mister Casquilha foi fantástico comigo, depositou muita confiança em mim e fui quase sempre titular. Depois chegou outro treinador e, talvez por não me enquadrar nas ideias deles, joguei pouco. Por fim, o mister Pedro Ribeiro, que terminou a época, já me conhecia, apostou em mim, mas na altura estava com pouca confiança", lamentou. E assim se deu o empréstimo ao Moura...

Notícias ao MinutoJovem natural do Seixal realizou 20 jogos na última temporada, na Segunda Liga, ao serviço do Gil Vicente.© Miguel Abreu

Regresso com ambição no máximo

Forte no jogo aéreo, Miguel Abreu destaca-se também pela capacidade de remate a meia distância. Aliás, foi dessa forma que marcou grande parte dos golos desta temporada. Será com estas 'armas' que o jovem vai voltar ao Gil Vicente para terminar a segunda parte do seu plano pessoal.

"O meu maior sonho vou tentar concretizá-lo na próxima época, que é estrear-me na Primeira Liga. Já joguei na Segunda e esse agora é o meu objetivo. Depois logo se vê, mas vou dar tudo por isso", prometeu, revelando: "O meu campeonato de eleição é a Premier League. Gosto muito do Tottenham. Esse cenário é um sonho enorme, é preciso trabalhar muito e, ao mesmo tempo, ter bastante sorte. Acredito, porque se não o fizer, ninguém vai acreditar por mim, mas para já a minha ambição passa por demonstrar a minha qualidade e ficar no Gil Vicente."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório