Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

João Pedro: Defrontou o Frankfurt e dá a receita para um bom resultado

João Pedro defrontou o conjunto alemão na fase de grupos da Liga Europa, ao serviço do Apollon Limassol, e garante que as águias terão uma difícil missão pela frente.

João Pedro: Defrontou o Frankfurt e dá a receita para um bom resultado

Depois de deixar para trás o Dínamo Zagreb, o Benfica vai medir forças, nos quartos-de-final da Liga Europa, com o Eintracht Frankfurt, equipa que nas últimas duas rondas afastou o Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, nos 16 avos, e o Inter Milão, de Cédric Soares e João Mário, nos 'oitavos'.

Olhando apenas para estes dois últimos adversários superados é possível perceber a qualidade da formação que esta época tem sido a sensação da Bundesliga - ocupa atualmente o 4.º lugar - e que na fase de grupos da prova europeia também deu cartas, terminando na liderança, à frente de Lazio, Apollon Limassol e Marselha. Foi precisamente aí que João Pedro, jogador português do conjunto cipriota, sentiu na 'pele' o poderio germânico - duas derrotas (2-0 na Alemanha e 2-3 no Chipre). 

"Quando os defrontámos, eles eram claramente a melhor equipa do grupo. Jogavam com três centrais, com uma estratégia muito bem trabalhada e, em casa, com o estádio cheio, dificultaram-nos muito a vida. É muito difícil jogar lá, pois o público 'empurra' a equipa para a frente", começou por dizer o extremo, de 32 anos, em declarações ao Desporto ao Minuto, antes de identificar os principais pontos fortes da formação orientada por Adi Hutter.

"Eles pressionam imenso. Fazem sempre pressão alta, não deixam os adversários respirar. Além disso, têm jogadores muito fortes nas transições, como o Jovic, o Rebic e o Gacinovic, que têm muita qualidade. O Gelson Fernandes, no meio-campo, também é muito experiente. Os dois centrais são muito bons, tal como o guarda-redes... Enfim, eles funcionam mesmo como uma equipa. Contra nós não se podia dizer que um jogador se destacava, pois eles foram fortes no coletivo", frisou.

Mesmo assim, João Pedro acredita que o Benfica tem argumentos suficientes para superar este rival e seguir para as meias-finais da Liga Europa. Para isso, os comandados de Bruno Lage terão que contrariar a tendência do Eintracht de "pressionar em zonas subidas".

"Têm de tentar ter bola, pois eles não vão gostar de correr atrás dela. Como fazem sempre pressão alta, se o Benfica conseguir ter uma boa construção a partir de trás, poderá contornar essa dificuldade", aconselhou, alertando: "Se o Eintracht estiver nos seus dias, vai ser muito difícil para o Benfica, principalmente lá, pois na Luz, com o apoio do público, é diferente."

Passado, presente e futuro no Chipre

Formado no Sp. Braga, João Pedro fez carreira no nosso país e passou por clubes como Penafiel, Beira-mar, U. Leiria, UD Oliveirense, Naval, Belenenses ou Moreirense. No entanto, em 2015, o estrangeiro chamou pelo extremo - ultimamente tem sido opção também para lateral. A cumprir a quarta temporada no Chipre, o jogador do Apollon Limassol explicou as razões que levam a que este seja um destino tão atrativo para os portugueses.

"É um país que recebe bem, com uma qualidade de vida extraordinária, bom tempo, praia, condições para os filhos crescerem muito boas, é super seguro e os estrangeiros são muito bem tratados", justificou, assumindo a vontade de continuar.

"Vou ficar, tenho mais um ano de contrato. A época está a correr bem, como tem corrido as anteriores, tenho feito os jogos todos, vou terminar com mais de 50, e continuamos na luta pelo título. Estamos a quatro pontos do APOEL, ainda falta a segunda volta do playoff e vamos tentar", concluiu. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório