Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 19º

Edição

I Liga - Os lances mais polémicos do principal escalão

Mais vídeos

Espírito de batalha dos guerreiros quebrou com a classe de Danilo

Sp. Braga dominou toda a partida, chegou a sonhar com a reviravolta, mas o internacional português fez o empate e ainda negou o segundo aos minhotos. Dragões estão na final do Jamor.

Espírito de batalha dos guerreiros quebrou com a classe de Danilo

Está conhecido o primeiro finalista da Taça de Portugal. O FC Porto garantiu, esta terça-feira, a presença no Jamor, ao empatar 1-1 na Pedreira, com o Sp. Braga. Numa noite de pouca inspiração, os azuis e brancos beneficiaram da vantagem (3-0) trazida da primeira mão, ainda se assustaram com a pressão arsenalista, mas um golo de Danilo Pereira, à entrada para o último quarto de hora, acabou com as esperanças caseiras. 

Com apenas três alterações em relação à partida do campeonato, os minhotos entraram a todo o gás e logo aos 2' minutos beneficiaram da primeira grande ocasião de golo. Após um belo trabalho de Paulinho, dentro da área, Wilson Eduardo acertou, de trivela, na barra da baliza portista.

Estava dado o mote para o que seria a primeira parte: um Sp. Braga pressionante, a dominar o encontro e a criar sucessivas ocasiões, enquanto os comandados de Sérgio Conceição 'dormiam' à sombra da vantagem trazida da primeira mão.

Em cima do fecho do primeiro quarto de hora, os arsenalistas adiantaram-se mesmo no marcador, através de um autogolo de Felipe. Contudo, depois de indicação do VAR, Manuel Mota invalidou o lance por fora-de-jogo de Ricardo Horta no início da jogada. Aos 36', Fabiano, que no primeiro tempo protagonizou vários lances de clara intranquilidade, saiu mal dos postes e viu Claudemir, ao segundo poste, ficar a centímetros do golo, na sequência de um grande livre de Wilson Eduardo.

Tanto ameaçou que o Sp. Braga chegou mesmo ao golo. À passagem dos 41', Paulinho ganhou no duelo com Felipe, entrou na área e, à saída de Fabiano, 'picou' a bola para o fundo das redes azuis e brancas. Um golo recheado de classe do avançado português a premiar e enorme superioridade minhota no primeiro tempo.

Sonhar com o céu e 'acordar' em pesadelo

Após o intervalo voltou a ser o conjunto da casa a entrar melhor e a criar três situações de golo nos primeiros cinco minutos. Primeiro, Murilo rematou cruzado para defesa de Fabiano, depois, Maxi Pereira evitou o golo quando o atacante bracarense já tinha ultrapassado o guardião portista e, por fim, foi o guarda-redes do FC Porto, com uma bela intervenção, a atirar o cabeceamento de Pablo por cima da trave.

Perante a inoperância da sua equipa, Sérgio Conceição mexeu, lançou Otávio e Marega e o FC Porto melhorou e conseguiu travar, de certa forma, o ímpeto dos da casa. Contra a corrente do jogo, aos 75', Danilo Pereira restabeleceu a igualdade. Após um canto de Corona, o internacional português surgiu ao primeiro poste e, de cabeça, bateu Marafona, complicando imenso a vida dos comandados de Abel Ferreira. 

A partir daqui, iniciou-se o outro jogo, com menos esperança para a formação bracarense. Mesmo assim, em cima dos 90', Danilo voltou a ser decisivo e, em cima da linha, evitou o golo de João Palhinha, confirmando assim o resultado final. O espírito de batalha dos guerreiros do Minho 'cai' assim depois de uma bela partida - onde merecia, pelo menos, a vitória -, enquanto o FC Porto mantém vivo um dos objetivos da época: a conquista da Taça de Portugal.

Confira o direto do encontro:

FINAL DA PARTIDA

90:00 - Vão jogar-se mais 3' minutos.

90:00 - Canto para os minhotos.

89:00 - DANILO EVITA O GOLO DO SP. BRAGA! Palhinha tinha tudo para fazer o golo, mas o médio, em cima da linha, cortou para fora. 

87:00 - Felipe vê o segundo cartão amarelo e é expulso, depois de travar um passe da Xadas que isolava Murilo.

85:00 - Canto para o Sp. Braga.

82:00 - Dupla alteração no Sp. Braga. Saem Claudemir e Goiano e entram Trincão e João Novais.

80:00 - Murilo é assistido depois de mais uma forte entrada de Maxi Peireira. Manuel Mota mandou seguir...

76:00 - Tempo para a estreia de Loum no FC Porto. Sai Óliver e entra o médio senegalês, cedido pelo Sp. Braga.

74:00 - GOLOOOOOO DO FC PORTO! Canto de Corona e Danilo Pereira, ao primeiro poste, a cabecear para o fundo das redes da baliza de Marafona. Está empatada a partida e a vida mais complicada para o Sp. Braga.

73:00 - Canto para os dragões.

72:00 - Xadas vê o cartão amarelo por falta sobre Marega.

70:00 - Substituição no Sp. Braga. Sai Wilson Eduardo e entra Xadas.

65:00 - Nova alteração no FC Porto. Sai André Pereira e entra Marega.

64:00 - Falta perigosa de Maxi Pereira, mas Manuel Mota deixa o cartão no bolso.

59:00 - Livre para o Sp. Braga.

52:00 - Substituição no FC Porto. Entra Otávio para o lugar de Adrián. 

51:00 - Cartão amarelo para Felipe.

50:00 - QUE DEFESA DE FABIANO! Cabeceamento de Pablo e o guarda-redes do FC Porto, desta vez, com uma bela intervenção a negar o golo.

49:00 - QUASE O GOLO DO SP. BRAGA! Murilo ultrapassa Fabiano e valei Maxi Pereira a evitar o 2-0 para a equipa de Abel Ferreira. Canto para os minhotos.

46:00 - Canto para o Sp. Braga.

46:00 - Remate cruzado de Murilo para defesa de Fabiano.

COMEÇOU A SEGUNDA PARTE

INTERVALO

45:00 - Vão jogar-se mais 2' minutos na primeira parte.

43:00 - Nova saída desastrada de Fabiano a deixar a defesa do FC Porto em sobressalto. Que perigo para os dragões!

41:00 - GOLOOOOOO DO SP. BRAGA! Que lance de Paulinho! É um grande golo do avançado dos arsenalistas, que foge pelo lado esquerdo, depois de chocar com Felipe, entra na área e, perante a saída de Fabiano, 'pica' a bola para o fundo das redes da baliza portista. Classe pura a adiantar os bracarenses no marcador.

40:00 - Remate de Wilson Eduardo por cima da baliza de Fabiano.

38:00 - Mais um lance polémico na área do FC Porto. Manafá disputa um lance aéreo com Paulinho, a bola bate no braço do lateral dos dragões, mas Manuel Mota nada assinala.

36:00 - QUE PERIGO! Grande livre de Wilson Eduardo, Fabiano sai mal dos postes e Claudemir, ao segundo poste, cabeceia ao lado. Esteve muito perto o golo do Sp. Braga.

32:00 - Livre lateral para o FC Porto.

25:00 - Remate forte de Ricardo Horta por cima da baliza portista.

24:00 - Canto para o Sp. Braga.

21:00 - Mais um canto para o FC Porto.

20:00 - André Pereira vê o cartão amarelo.

18:00 - Cartão amarelo para Wilson Eduardo por falta sobre Corona.

15:00 - ANULADO! Manuel Mota ouve o VAR e invalida o golo por fora de jogo de Ricardo Horta no início da jogada. Tudo a zeros em Braga.

14:00 - GOLO DO SP. BRAGA. Bom lance de Ricardo Horta na direita, a cruzar para Paulinho, Felipe desentende-se com Fabiano e faz autogolo. 

13:00 - Remate de meia distância de Palhinha para defesa atenta de Fabiano.

12:00 - Éder Militão sobre mais alto, mas não consegue desviar.

12:00 - Grande jogada de Manafá e é novo canto para os azuis e brancos.

11:00 - Pressão altíssima do Sp. Braga, com Paulinho a obrigar Fabiano a errar. A formação de Abel Ferreira entra 'em cima' do FC Porto.

09:00 - Jogadores do Sp. Braga pedem grande penalidade por suposta mão na bola de Militão, mas Manuel Mota manda jogar.

08:00 - Felipe cabeceia para as mãos de Marafona.

07:00 - Canto para os dragões.

06:00 - Já se joga novamente em Braga.

05:00 - Jogo parado para assistência a Felipe.

04:00 - Canto para a formação bracarense.

02:00 - PRIMEIRA GRANDE OPORTUNIDADE PARA O SP. BRAGA! Trabalho de Paulinho dentro da área, a servir Wilson Eduardo e o jogador formado no Sporting, de trivela, a acertar na trave da baliza de Fabiano.

01:00 - Cabeceamento de Adrián por cima da trave da baliza de Marafona.

01:00 - Primeiro canto do encontro e é para o FC Porto.

COMEÇOU A PARTIDA

Onze do Sp. Braga: Marafona; Goiano, Pablo, Bruno Viana e Sequeira; Claudemir, Palhinha, Ricardo Horta e Wilson Eduardo; Paulinho e Murilo.

Onze do FC Porto: Fabiano, Maxi, Felipe, Militão, Manafá, Corona, Danilo, Óliver, Adrián, Fernando Andrade e André Pereira

Depois da pesada derrota (0-3) no Dragão, na primeira mão das meias finais da Taça de Portugal, o Sp. Braga está obrigado a operar um verdadeiro milagre para conseguir a reviravolta e chegar à final do Jamor.

O encontro desta terça-feira é, por isso, determinante, precisamente três dias depois das duas equipas terem medido forças para o campeonato.

A partir das 20h15, acompanhe todas as incidências da partida em Desporto ao Minuto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório