Meteorologia

  • 24 MAIO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 24º

Edição

FC Porto - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

"Se formos iguais a nós próprios temos grandes possibilidades de passar"

Técnico do FC Porto fez a antevisão ao duelo com a AS Roma, que está agendado para a quarta-feira.

"Se formos iguais a nós próprios temos grandes possibilidades de passar"
Notícias ao Minuto

15:17 - 05/03/19 por Francisco Amaral Santos 

Desporto Sérgio Conceição

Sérgio Conceição e Otávio estiveram, esta terça-feira, em conferência de imprensa para fazerem a antevisão ao duelo do FC Porto com a AS Roma, a contar para a 2.ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões e agendado para a quarta-feira. Confira o essencial das palavras de técnico e jogador portista. 

Sérgio Conceição 

FC Porto mais forte ofensivamente: "Depende da estratégia, se joga o Tiquinho ou se joga o Marega. Depende de um conjunto de situações. Eu ouvi algumas coisas daquilo que foi o nosso último jogo, que não se entende muito bem aquilo que dizem. Há muita gente que não percebe de futebol e fala de futebol de forma gratuita. Temos de perceber a estratégia montada para o jogo e qual o intuito. Para falar de futebol estou sempre disponível. Os nossos avançados são os primeiros defesas. E muita vezes temos de ver essa situação consoante a valia do adversário."

Mensagem depois da derrota com o Benfica: "Acho que não é preciso de passar uma mensagem ou ir descobrir palavras ao baú para perceber que este é um jogo decisivo para nós e que nos pode meter nos quartos da Champions. Maior motivação que esta não existe. É muito importante do nosso lado, mas nós também de temos de ajudá-los. Os adeptos precisam de sentir que vamos fazer tudo para ganhar o jogo." 

Militão, Danilo e Soares a titulares?: "Também contei com eles no último jogo. Estavam nos 18. Claramente que não vou dizer aquilo que eu vou fazer. Mas pelos minutos que têm, são jogadores que fazem parte do grupo e que estão disponíveis para o jogo." 

Roma defensiva?: "Nós estamos preparados para um jogo difícil. A Roma tem sofrido golos nos últimos 30 jogos. Nós temos é de ser eficazes. Temos de estar preparados para uma Roma que vai defender em alguns momentos do jogo e que o está a fazer porque tem um resultado favorável. No decorrer do jogo, poderá haver uma ou outra estratégia. A equipa vai estar preparada para ter mais poder ofensivo."

Di Francesco com lugar em perigo: "Eu também perdi o último jogo. Isso pouco conta quando o árbitro apita. Não é por isso que a Roma vai estar mais forte ou fragilizada, porque o treinador perdeu o último jogo. No futebol, todos estamos na corda bamba. Dependemos de resultados e não será por aí que a Roma estará mais frágil." 

Novamente a Roma: "Temos de ser eficazes ofensivamente. Chegar com perigo ao último terço e ter situações de finalização, temos em todos os jogos. Mas temos de ser eficazes e agressivos ofensivamente. E também defensivamente." 

O que espera da Roma: "Todos os jogos são diferentes. Cada jogo tem a sua história. Para nós é importante a nossa dinâmica. Se formos iguais a nós próprios temos grandes possibilidades de ganhar o jogo e passarmos aos quartos de final." 

Marega: "A nossa confiança não está relacionada com determinado jogador. Têm sim a ver com o nosso trabalho. Nos últimos jogos tenho utilizado jogadores que não têm tido muitos minutos e a resposta foi excelente, tirando o último resultado. Por isso, obviamente que ter mais soluções é importante mas não decisivo. O que conta é o coletivo." 

Resultado desfavorável: "Eu acho que é preciso equilíbrio no jogo. Temos de ganhar o jogo, mas não à pressa. Temos de o fazer de forma consciente. Temos de saber que a Roma tem jogadores muito fortes e é o terceiro melhor ataque da Serie A. O equilíbrio vai ser fundamental para ganharmos o jogo." 

Otávio 

Melhor época em assistências: "Eu prefiro dar um passe do que fazer golo. Mas temos de melhorar isso também. Às vezes tenho de marcar (risos). Mas o que interessa são as vitórias." 

Moral: "Acho que o ano passado tivemos um jogo atípico em casa contra o Liverpool. Mas aquele golo do Adrián [López] fora de casa dá-nos esperança. Com o apoio dos adeptos sabemos que conseguimos sair daqui com uma vitória e a qualificação."

O que fazer neste jogo: "Temos que melhorar em muita coisa. Temos que ter mais bola, mais aproximação à área adversária. Sabemos quem jogar vai dar o máximo para tentar melhorar os erros do primeiro jogo."

Jogo importante: "A Champions é sonhar em cada fase. Temos de sonhar amanhã, podemos passar e dar essa alegria aos adeptos." 

Balneário pós-Clássico: "Foi difícil digerir [a derrota], mas não temos como voltar a esse jogo. Temos agora de estar focados em amanhã. Temos tudo para passar a eliminatória." 

Jogo da 1.ª mão: "Temos total possibilidades de passar. Vimos isso lá. Se fizermos o nosso jogo. Marcação em cima e saber jogar como fazemos sempre. "

Marega de volta: "Quanto menos lesionados, melhor. Toda a gente está para ajudar. Quem for escolhido pelo míster amanhã, tem de estar concentrado e dar o máximo."

15h00: A hora da conferência estava agendada para esta hora, no Estádio do Dragão. Otávio estará a acompanhar Sérgio Conceição. Para já, ambos ainda não estão na sala de imprensa. 

14h50: O FC Porto já anunciou que apenas restam 200 ingressos para o jogo de amanhã. Espera-se, assim, casa cheia no Estádio do Dragão. O FC Porto perdeu, na 1.ª mão, no reduto da AS Roma em Itália (1-2). Ainda assim, o golo apontado por Adrián López deixa a eliminatória em aberto. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório