Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

"Villarreal? Depois da desilusão, sabemos o que temos de fazer"

O Sporting viajou até Villarreal para disputar a segunda mão dos dezasseis avos de final da Liga Europa.

"Villarreal? Depois da desilusão, sabemos o que temos de fazer"

Esta quarta-feira, Marcel Keizer e Bruno Fernandes fizeram a antevisão ao duelo com Villarreal, a contar para a segunda mão dos dezasseis avos de final da Liga Europa. 

Depois da derrota em Alvalade, por 0-1, os leões pretendem vencer em Espanha, de forma a conseguirem seguir em frente na competição.

Perguntas para Marcel Keizer

Jogo: Depois da desilusão no jogo anterior com o Villarreal, sabemos o que temos de fazer. Não vai ser fácil 

Sistema tático contra o Sp. Braga. Será novamente? Começámos com um sistema em que vencemos todos os jogos, mas depois  começou a correr mal. Por isso mesmo, avaliámos como estava a equipa e colocámos um novo sistema. Correu bem e tivemos um bom resultado. O mais importante não é a tática, são os resultados. 

O que podemos esperar contra o Villarreal? Amanhã veremos. Tenho a tática na minha cabeça mas não posso revelar. Para mim, o mais importante são os jogadores e que eles se sintam confortáveis. Também é importante ver os jogadores que podem, ou não, precisar de descanso, devido ao número elevado de jogos que temos. 

Bruno Fernandes. Toda a atenção está nele: O espírito de Bruno Fernandes também é reconhecido na equipa. Ele está a jogar a um nível muito elevado. O treinador também pensa nisso e em toda a atenção que a equipa do Villarreal vai tentar dar ao atleta. 

Teme o ataque do Villarreal? Não temo mas respeito. Também conseguiu um bom resultado com o Sevilla, depois do encontro connosco. A equipa espanhola consegue jogar bem com posse de bola. Vai ser difícil defender bem para depois partir para o ataque. 

Importância deste jogo para o resto da temporada: Todos os jogos do Sporting são importantes. Uma equipa com o Sporting tem de vencer todos os jogos. Queremos continuar na Liga Europa, mas também queremos ir à final da Taça de Portugal. Tal como fazer o melhor no campeonato nacional. 

Perguntas para Bruno Fernandes

Jogo: Acho que a equipa está motivada, independentemente da vitória com o Braga e da derrota com o Villarreal. Uma vitória aqui pode garantir a passagem à próxima fase. 

Sistema tático contra o Sp. Braga: É um sistema sobre o qual já tínhamos vindo a falar. Não quer dizer que o façamos sempre. Acredito que o mister faz as escolhas táticas com base naquilo que acha que é melhor para os jogadores e adversários. O mais importante são os resultados. 

Renovação. Está disponível? Acho que já falei sobre isso. Quando voltei para o Sporting voltei com as minhas condições. Não sei se é uma possibilidade ou não, porque ainda ninguém falou comigo. Sinto-me lisonjeado se isso for verdade. Mas o mais importante e o meu foco é o jogo de amanhã. 

Golos de livre direto. É o reflexo do seu trabalho fora de campo? Tudo o que fazemos é o reflexo do nosso trabalho durante a semana. Esses golos são individuais, porque é um livre direto. Preciso dos meus companheiros para ganhar as faltas mas não sou o único na equipa que tenho essa capacidade. No último jogo, falei com o Acuña num dos livres e até lhe perguntei se estava confiante em bater. Eu estava confiante e isso é importante. Os meus companheiros dão-me também essa confiança. 

Que equipa se pode esperar amanhã? Não fizemos um mau jogo com o Villarreal, a intensidade do jogo prejudicou-nos. A nível de jogo jogado, jogámos mais do que eles. Claro que sem um resultado positivo, o jogo não é bom. Para o jogo de amanhã... Nós portugueses estamos habituados a que a história não esteja do nosso lado. Mas vamos tentar mudar isso, tentar com que a história esteja do nosso lado. Vamos tentar a remontada. 

Apostou com Frederico Varandas que ia ver menos amarelos por questões emotivas. Assumir a braçadeira dá-lhe mais responsabilidade? A braçadeira tem um peso muito importante por ser o clube que é. Já me sentia capitão de equipa como todos os outros. Cada um tem de ser o seu próprio capitão. Tínhamos um leque de capitães muito bom. Todos nós estamos preparados para ser capitão. É uma responsabilidade grande. Esse controlo emocional não se trata da braçadeira, é uma questão de emoção de jogo. Sou um bocadinho emotivo. Estou perto de perder a aposta com o presidente, mas espero que não apanhe mais cartões amarelos e possa ganhar essa aposta (risos). 

Objetivo do Sporting: Seguir na Liga Europa ou apostar no campeonato nacional? No caso do Sporting, não se pode escolher uma das duas. Tem de se fazer o máximo e o melhor nas duas competições. Um clube grande não pode descartar nenhuma das competições. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório