Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

"O futebol não pode ser uma guerra, tem de servir para unir o país"

Presidente do FC Porto deixa críticas a alguns comentadores televisivos.

"O futebol não pode ser uma guerra, tem de servir para unir o país"

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, foi esta quinta-feira recebido na Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha, localidade onde inaugurou uma casa do emblema portista. Ao lado de António Santos, presidente da Câmara, o líder dos dragões deixou vários reparos ao atual contexto vivido no futebol português. 

"Ao longo da vida tive sempre muitos amigos benfiquistas, entre os quais o antigo presidente Fernando Martins. Foi meu amigo até aos 96 anos, idade em que faleceu. Fez questão de acompanhar o FC Porto no estrangeiro. O futebol não pode ser uma guerra, tem de servir para unir o país", começou por dizer Pinto da Costa, em declarações reproduzidas pelo jornal O JOGO, antes de deixar críticas a alguns comentadores televisivos. 

"Eu sei que há indivíduos, talvez por necessidade, uma vez que a vida está difícil para todos, que têm de ir para programas televisivos dizer barbaridades e criar um clima que é lamentável. Mas a culpa não é deles. É de quem lhes dá guarida e os deixa espalhar o ódio permanentemente entre as pessoas", rematou. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório