Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Neves e Jota: O arriscar, a família e as críticas ao futebol português

Dupla lusa concedeu uma entrevista conjunta e abordou alguns temas que merecem nota de destaque.

Neves e Jota: O arriscar, a família e as críticas ao futebol português
Notícias ao Minuto

08:40 - 22/09/18 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Wolverhampton

Diogo Jota e Rúben Neves são dois dos oito jogadores portugueses que fazem parte do plantel da equipa do Wolverhampton. E não poderiam estar mais felizes. A garantia é dada pelos próprios numa entrevista conjunta ao jornal inglês Guardian

Num ambiente descontraído, a dupla lusa abordou a estreia na Premier League, não escondeu as saudades de Portugal e abordou falou ainda sobre as diferenças entre o futebol inglês e o português. 

"Não é possível comprar Wolverhampton com o Porto, é completamente diferente", começou por dizer Rúben Neves, antes de Diogo Jota prosseguir com a explicação.

"O Porto é uma cidade turística. É perto do rio e do mar. É uma cidade com muita história. O vinho, a comida... Aqui, estamos numa cidade industrial. Mas lidamos bem com isso. Queremos jogar futebol e estamos na melhor liga do mundo, portanto a cidade não é importante", sublinhou o avançado de 21 anos. 

A dupla lusa recorda também o risco que foi aceitar a proposta do Wolverhampton e as críticas de que foram alvo por se juntarem a uma equipa que estava no segundo escalão do futebol inglês. 

"Tivemos que correr riscos para virmos para cá. Às vezes quando queremos alcançar algo, temos que correr riscos. E naquela altura foi a melhor coisa que podia fazer. Viemos para aqui, vimos o projeto do clube, vimos os jogadores que compraram e colocámos na cabeça que estávamos no Championship, mas que queríamos chegar à Premier League. No início as pessoas criticavam-me, nomeadamente em Portugal. Eles diziam: 'Tu és um bom jogador e vais para lá agora?' Mas agora acredito que as pessoas percebam que nós estávamos certos", explicou Jota, antes de fazer uma comparação entre o futebol inglês e o futebol português. 

"O tempo perdido [de jogo] é uma das piores coisas que temos em Portugal. Por exemplo, quando jogámos contra o Manchester City quisemos continuar a jogar quando tínhamos o Jonny lesionado. Mas em Portugal, há muitos jogadores 'lesionados'", referiu Diogo Jota num tom mais crítico. 

Elogios a Espírito Santo e a noção dos limites 

Rúben Neves e Diogo Jota são parte da família lusa que habita em Wolverhampton. Quando há jantares de grupo chegam a ser "30 pessoas" no mesmo restaurante. Mas e Nuno Espírito Santo? Bem, o técnico do português do Wolverhampton não participa nestes convívios. 

"Tu não podes passar essa linha", refere Jota de forma bem disposta. Em seguida, Neves deixa elogios ao treinador do Wolves. 

"Ele é muito intenso e um treinador ambicioso. Creio que a coisa mais importante é a motivação. Ele está sempre motivado em fazer o melhor. Mesmo quando jogamos bem, ele quer que nós consigamos fazer melhor. Essa é a grande diferença", argumenta Rúben Neves. 

Porto ganha à 11 jogos consecutivos e joga contra o Galatasaray à procura de um lugar na Liga Europa! Nova vitória para o Porto? Aposte 20€ sem risco e ganhe 60€ como o Porto vai ganhar!

Sugestão para Múltipla Liga dos Campeões: Aposte 20€ sem risco e ganhe 247,8€ como o Barcelona, Porto, Inter e o Liverpool vão ganhar!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório